Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.557,67
    +698,80 (+0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.918,28
    +312,72 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,79
    -0,26 (-0,36%)
     
  • OURO

    1.786,70
    +2,00 (+0,11%)
     
  • BTC-USD

    50.703,08
    -24,57 (-0,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.310,19
    -11,09 (-0,84%)
     
  • S&P500

    4.686,75
    +95,08 (+2,07%)
     
  • DOW JONES

    35.719,43
    +492,40 (+1,40%)
     
  • FTSE

    7.339,90
    +107,62 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    23.983,66
    +634,28 (+2,72%)
     
  • NIKKEI

    28.719,76
    +264,16 (+0,93%)
     
  • NASDAQ

    16.348,50
    +30,50 (+0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3441
    +0,0044 (+0,07%)
     

'Fique rico rapidamente': como fugir das fraudes de investimento online

Mais de £27 milhões (R$ 150 milhões) foram considerados perdidos para a criptografia e fraudes de investimento cambial em 2018-2019, segundo a Action Fraud e a Financial Conduct Authority.
Mais de £27 milhões (R$ 150 milhões) foram considerados perdidos para a criptografia e fraudes de investimento cambial em 2018-2019, segundo a Action Fraud e a Financial Conduct Authority.

Atualmente, a internet está cheia de esquemas e fraudes de investimento. Preste atenção nos famosos “fique rico rapidamente”: no Reino Unido, estima-se que pessoas já perderam o equivalente R$ 132 milhões entre 2018 e 2019.

O novo esquema de fraudes geralmente se constrói em volta das criptomoedas e forex (uma troca onde uma moeda é convertida em outra), de acordo com a Action Fraud e a Financial Conduct Authority (FCA).

Leia também

Relatórios de criptoafias e golpes de investimento forex mais do que triplicaram no ano passado, em comparação com o ano anterior, para mais de 1.800, contra os 530 casos em 2017-18.

Os golpes são feitos por criminosos que promovem plataformas de negociação online rápidas nas redes sociais.

As postagens costumam usar endossos de celebridades falsas e imagens de itens de luxo, como relógios e carros caros.

Estes anúncios, então, são vinculados a sites que têm uma aparência profissional, onde os consumidores são persuadidos a investir.

Os investidores muitas vezes são levados a acreditar que seu primeiro investimento obteve lucro com sucesso.

O fraudador entrará em contato com a vítima para induzi-la a investir mais dinheiro ou a apresentar a plataforma de investimentos aos amigos e familiares com a falsa promessa de lucros ainda maiores.

Mas os retornos param aí, a conta do cliente é fechada e o golpista desaparece sem mais contato.

"É vital que as pessoas realizem as verificações necessárias para garantir que um investimento que estejam considerando fazer seja legítimo”, explica a diretora órgão de fiscalização britânica Action Fraud, Pauline Smith.vitado."

Como descobrir se um investimento online é golpe

1. Não parta do princípio que é algo real.

Sites, anúncios ou postagens de rede social com aparência profissional nem sempre significam que uma oportunidade de investimento é genuína. Criminosos podem usar os nomes de marcas ou pessoas conhecidas para fazer seus golpes parecerem legítimos.

2. Fique no controle.

Evite ofertas de investimento não solicitadas, sejam elas feitas em redes sociais ou por telefone. Se você está pensando em fazer um investimento, pesquise minuciosamente a empresa primeiro e peça aconselhamento qualificado independente.

3. Faça as verificações corretas.

As empresas que prestam serviços financeiros regulamentados devem ser autorizadas pela FCA. Você pode checar se a empresa em questão está registrada no cadastro da FCA. Use os detalhes de contato no registro, não os detalhes que a empresa lhe forneceu, para evitar “clones”.

4. Se você foi vítima de fraude ou crime cibernético, denuncie.

Vicky Shaw

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos