Mercado abrirá em 44 mins
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,69 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,11 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,16
    +1,90 (+2,87%)
     
  • OURO

    1.781,70
    -2,20 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    47.285,13
    -2.094,42 (-4,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.206,84
    -234,92 (-16,29%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,72 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.174,41
    +52,09 (+0,73%)
     
  • HANG SENG

    23.349,38
    -417,31 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    27.927,37
    -102,20 (-0,36%)
     
  • NASDAQ

    15.620,75
    -97,00 (-0,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3874
    -0,0079 (-0,12%)
     

Alemanha tem maior taxa de infecções por coronavírus desde meados de maio

·1 min de leitura

BERLIM (Reuters) - A Alemanha registrou neste sábado a maior incidência de infecções por coronavírus desde meados de maio, atingindo a marca de 100 casos por 100 mil habitantes nos últimos sete dias, que costumava ser o critério para imposição de rígido lockdown.

No entanto, o Ministro da Saúde, Jens Spahn, observou que o país poderia lidar muito melhor agora devido à vacinação, embora tenha dito que restrições como uso de máscara e limites para atividades em ambientes fechados para pessoas não vacinadas permaneceriam até a próxima primavera (na Europa).

A taxa de incidência de casos em sete dias --que até agosto era usada para decisões sobre restrições mais rigorosas-- subiu para 100 neste sábado, de 95 na sexta-feira, disse o Instituto Robert Koch, responsável pelo controle da doença.

Um total de 15.145 novas infecções foram relatadas neste sábado, 4.196 a mais do que no mesmo período no sábado passado, acrescentou. Outras 86 pessoas morreram, elevando o total para 95.077.

O aumento ocorre em um momento em que líderes dos 16 Estados alemães estão discutindo como proceder conforme um estado de emergência nacional deverá expirar em 25 de novembro, o que significa que as restrições expirarão automaticamente, a menos que sejam estendidas por votação parlamentar.

(Por Emma Thomasson)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos