Mercado abrirá em 1 h 20 min

Alemanha restabelece confinamento em área afetada por surto de covid-19

·1 minuto de leitura

A cidade de Gütersloh, no oeste do país, será obrigada a adotar novas restrições A cidade de Gütersloh, no oeste da Alemanha, será obrigada a adotar novas restrições de circulação e medidas de distanciamento social após a detecção de um surto de covid-19 iniciado em um frigorífico local, o maior do país. A medida foi decretada pelo governo da Renânia do Norte-Vestfália, o Estado mais populoso do país. É a primeira vez que a Alemanha restabelece restrições em uma determinada região desde o início da flexibilização do confinamento no início de maio. O primeiro-ministro da Renânia do Norte-Vestfália, Armin Laschet, disse que o surto é o maior já visto na Alemanha. A decisão de fechar a cidade foi tomada após mais de 1.550 empregados do frigorífico testarem positivo para a doença. O novo confinamento deve durar pelo menos uma semana, segundo as autoridades locais, tempo necessário para avaliar a dimensão da disseminação do vírus. Daqui a sete dias, as medidas serão revisadas e poderão ser suspensas caso o surto tenha sido contido. O governo da Renânia do Norte-Verstfália ampliou os testes na região. Escolas e jardins de infância que estão na área afetada foram fechados. Cerca de 700 funcionários do frigorífico estão em quarentena. Michael Sohn/AP