Mercado fechado

Alemã RWE compra negócios de energia renovável da Con Edison por US$6,8 bi

FOTO DO ARQUIVO: Logotipo da RWE

Por Christoph Steitz e Thomas Escritt

FRANKFURT (Reuters) - A RWE, maior geradora de energia da Alemanha, concordou em comprar os negócios renováveis da Con Edison por 6,8 bilhões de dólares, uma operação que quase dobrará o portfólio de energias renováveis da RWE nos Estados Unidos, o segundo maior mercado desse segmento do mundo.

A compra será parcialmente financiada pela RWE emitindo um título conversível de 2,43 bilhões de dólares para uma unidade da Qatar Investment Authority, por meio da qual a QIA se tornará acionista de 9,1% da RWE.

Já a empresa norte-americana disse que o acordo de venda permitirá que ela se concentre em seu negócio principal de serviços públicos ("utilities") e na mudança de energia limpa de Nova York.

A transação quase dobrará o portfólio de energias renováveis da RWE nos EUA, para mais de 7 gigawatts (GW), e aumentará seu pipeline de projetos regionais para mais de 24 GW.

Após a aquisição, a energia solar representará 40% do portfólio da RWE nos EUA, acima dos 3% atuais, segundo slides de apresentação da empresa.

O acordo, que deve ser concluído no primeiro semestre de 2023, fará da RWE o quarto maior player de energias renováveis no mercado dos EUA, que desempenha um papel fundamental em sua expansão verde.

(Reportagem adicional de Rhea Binoy em Bangalore)