Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.557,67
    +698,80 (+0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.918,28
    +312,72 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,70
    +2,21 (+3,18%)
     
  • OURO

    1.785,20
    +5,70 (+0,32%)
     
  • BTC-USD

    50.596,05
    +390,69 (+0,78%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.308,39
    -12,89 (-0,98%)
     
  • S&P500

    4.686,75
    +95,08 (+2,07%)
     
  • DOW JONES

    35.719,43
    +492,40 (+1,40%)
     
  • FTSE

    7.339,90
    +107,62 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    23.983,66
    +634,28 (+2,72%)
     
  • NIKKEI

    28.455,60
    +528,23 (+1,89%)
     
  • NASDAQ

    16.369,75
    +527,00 (+3,33%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3398
    -0,0838 (-1,30%)
     

Alívio sobre Evergrande e balanços impulsionam ações europeias

·1 min de leitura
Gráfico do índice DAX, na bolsa de valores de Frankfurt, Alemanha, em 19 de outubro de 2021. REUTERS/Staff

Por Anisha Sircar e Susan Mathew

(Reuters) - As ações europeias subiram nesta sexta-feira, apoiadas pelo setor de tecnologia, fortes ganhos da francesa L'Oreal e um amplo impulso para o sentimento proporcionado por um pagamento de juros surpresa do endividado China Evergrande Group.

O índice STOXX 600 subiu 0,5%, fechando numa máxima em mais de seis semanas e em sua terceira semana consecutiva de ganhos. A alta na semana também foi de 0,5%.

A notícia de que a incorporadora chinesa havia feito um pagamento de título para evitar um calote melhorou a confiança globalmente. Preocupações com o contágio de uma inadimplência potencial abalaram os mercados recentemente.

O índice francês de blue-chips CAC 40 superou seus pares europeus, com um rali de 5,1% nas ações da L'Oreal após fortes resultados da empresa de cosméticos.

As ações da fabricante holandesa de equipamentos de semicondutores ASML e da empresa de software alemã SAP subiram 3,2% e 1,2%, respectivamente, após tropeçarem no início desta semana na esteira de seus resultados. O setor de tecnologia teve alta de 1,5%.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,20%, a 7.204,55 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,46%, a 15.542,98 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,71%, a 6.733,69 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,18%, a 26.571,73 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,42%, a 8.906,40 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,76%, a 5.774,14 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos