Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.979,96
    +42,09 (+0,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.789,31
    +417,33 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,25
    -0,24 (-0,37%)
     
  • OURO

    1.869,40
    +1,40 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    43.003,96
    +191,82 (+0,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.206,81
    -46,33 (-3,70%)
     
  • S&P500

    4.127,83
    -35,46 (-0,85%)
     
  • DOW JONES

    34.060,66
    -267,13 (-0,78%)
     
  • FTSE

    7.034,24
    +1,39 (+0,02%)
     
  • HANG SENG

    28.593,81
    +399,72 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.208,00
    -4,00 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4307
    +0,0208 (+0,32%)
     

AirTags não entendem muito bem a distância vertical e se perdem em prédios altos

Ronnie Mancuzo
·2 minuto de leitura
AirTags não entendem muito bem a distância vertical e se perdem em prédios altos
AirTags não entendem muito bem a distância vertical e se perdem em prédios altos

Lançadas na semana passada como uma das grandes atrações do primeiro evento da Apple em 2021, as AirTags são um revolucionário sistema de rastreamento com a promessa de você nunca mais perder as chaves, os óculos, a carteira. Aparentemente, com uma limitação: desde que não estejam em prédios altos, em andares diferentes.

O problema foi citado pelo editor do site XDA-Developers, Ben Sin, quando publicou um review dos AirTags esta semana. Ben afirmou que teve boas impressões sobre os dispositivos, apesar deles não oferecerem grande utilidade no momento para o editor. Foram descritos pontos positivos, como a simplicidade de configuração, bom funcionamento e engenhosidade da tecnologia.

Entretanto, parte da experiência de Ben não foi positiva, já que ele mora em um edifício com acesso a diferentes andares, como área comum, terraço, área de ginástica e sala de leitura. Se Ben perder algo no terraço, por exemplo, e for para a sala de leitura, o AirTag não enviará uma localização precisa, o que deve acontecer em outros prédios como o seu.

Não funcionou nem para o rastreamento geral, nem para o Precision Finding (recurso de precisão de localização para o qual o iPhone 12 e o iPhone 11 oferecem suporte). No primeiro caso, o mapa indicará que o item perdido está na mesma área onde Ben está, só que no andar errado. Já o Precision Finding é funcional, segundo o editor, para distâncias de até 9 metros e, mesmo assim, somente para situações de uso horizontal. Seria inútil se o item perdido estiver na mesma posição vertical de Ben em um andar diferente.

No mesmo andar, é como se fosse uma casa. Mas as AirTags, para quem mora ou trabalha em prédios altos, e corre o risco de perder suas coisas em outro andar, pode, acabar não tendo muita utilidade.

Via PhoneArena