Mercado fechará em 4 h 41 min

AirDrop do iPhone 11 permite compartilhar dados apontando para o outro aparelho

Claudio Yuge

A Apple não fez tanta questão de destacar, mas uma das grandes cartas na manga do iPhone 11 é o chip U1, uma antena remodelada que usa tecnologia de banda ultralarga para reconhecimento espacial mais preciso. A novidade pode melhorar bastante a comunicação entre os dispositivos de seu ecossistema, especialmente em locais fechados. E, com isso, o compartilhamento de dado foi bastante aprimorado.

A companhia anunciou, na surdina, que um novo AirDrop será capaz de trocar arquivos apenas apontando para outro aparelho da Maçã. “Pense no GPS com a escala de sua sala de estar. Então, se você deseja compartilhar arquivo com outras pessoas usando o AirDrop, basta apontar seu iPhone para o deles e então eles serão os primeiros da lista”, descreve a empresa.

Imagem de divulgação do novo AirDrop (Imagem: Divulgação/Apple)

Um dos usos relacionados mais comentados deve acontecer com as Apple Tags, gadgets rastreadores parecidos com os Tile ou Trackr — uma das grandes ausências entre os produtos mostrados no evento desta terça-feira (10). Com as tags, seria possível encontrar a carteira ou as chaves do carro com uma varredura bastante poderosa.

A funcionalidade pode ser um grande trunfo da Apple para manter todos os seus aparelhos trabalhando de forma sincronizada como nenhuma outra gigante da tecnologia faz, e ainda não dá para saber exatamente por que essa funcionalidade foi revelada de forma discreta — contudo, dado os recentes probleminhas com a finalização do iOS 13, pode ser que o sistema operacional seja a chave para vermos o AirDrop em toda sua glória com o chip U1 e sua banda ultralarga.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: