Mercado abrirá em 6 h 35 min
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,71
    +0,27 (+0,33%)
     
  • OURO

    1.774,50
    +8,80 (+0,50%)
     
  • BTC-USD

    62.417,72
    +146,57 (+0,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.458,34
    +6,70 (+0,46%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.731,52
    +321,77 (+1,27%)
     
  • NIKKEI

    29.194,86
    +169,40 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.285,25
    -5,25 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4108
    +0,0193 (+0,30%)
     

Airbus busca parceria para hidrogênio limpo com Plug Power

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Plug Power está criando uma parceria com a Airbus e a Phillips 66 para encontrar maneiras de aproveitar o hidrogênio para abastecer aviões, veículos e indústrias sem emitir gases de efeito estufa que aquecem o planeta.

Most Read from Bloomberg

A parceria com a Airbus estudará como levar o chamado hidrogênio verde para aeronaves e aeroportos. A maior fabricante de aviões do mundo irá fornecer informações sobre aeronaves a hidrogênio e a Plug Power vai projetar infraestrutura de hidrogênio não poluente em aeroportos, disseram as empresas em comunicado. A Airbus tem como meta trazer aeronaves com emissão zero para o mercado até 2035.

A Phillips 66 também está se unindo à Plug Power para desenvolver hidrogênio com baixo teor de carbono e implantar essa tecnologia nas operações da refinadora de petróleo dos Estados Unidos. Os objetivos incluem escalar hidrogênio de baixo carbono no setor industrial e aumentar o abastecimento de hidrogênio para transporte, disseram as empresas em comunicado separado.

O hidrogênio verde é produzido com fontes de energia renováveis, como solar ou eólica, e pode ser usado para abastecer veículos, navios ou indústrias que tradicionalmente queimam combustíveis que emitem gases de efeito estufa. É visto como uma fonte potencial de energia que pode ajudar os EUA e outras nações a alcançar suas metas de redução de carbono e evitar os piores efeitos do aquecimento global.

A Plug Power criou o primeiro mercado comercialmente viável para a tecnologia de célula de combustível de hidrogênio e se tornou a maior compradora mundial de hidrogênio líquido, de acordo com Latham, empresa sediada em Nova York. A empresa também disse que irá investir na startup de aviação elétrica Airflow e co-desenvolver um sistema de propulsão de aeronaves movido por células a combustível de hidrogênio.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos