Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    112,70
    +0,49 (+0,44%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.434,77
    +19,08 (+0,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Airbnb muda e introduz categorias e novas formas de se hospedar

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O serviço de hospedagem Airbnb atualizou o aplicativo com importantes novidades para os viajantes, principalmente os que precisam de longas estadias e mais proteção. A primeira mudança está logo na página inicial do programa: as novas categorias, que permitem uma busca por tipo de acomodação em vez do local.

Segundo o app, essa é uma importante inversão na metodologia de buscas de onde será o seu próximo destino. Até então, o usuário precisava definir primeiro o local para onde deseja ir e depois buscar por acomodações, mas, agora, ele pode escolher primeiro a casa ou apartamento conforme um conjunto de critérios.

O foco do layout do Airbnb muda do destino da viagem para a descoberta de imóveis alinhados ao gosto do hóspede (Imagem: Reprodução/Airbnb)
O foco do layout do Airbnb muda do destino da viagem para a descoberta de imóveis alinhados ao gosto do hóspede (Imagem: Reprodução/Airbnb)

O novo design foi pensado para ajudar o hóspede a explorar o mundo mais facilmente, com a descoberta de lugares jamais cogitados. Por exemplo: você pode nunca ter sonhado em conhecer uma cidade pequena vizinha à sua, mas acabar conhecendo-a ao encontrar uma casinha única e muito aconchegante para passar o mês.

Novas categorias do Airbnb

As categorias do Airbnb organizam os imóveis em coleções selecionadas, com mais de 50 tipos de acomodações escolhidas pelo estilo, localização ou atividades nas proximidades. Eis os filtros e a quantidade de imóveis disponíveis:

  • Vistas incríveis - 27 mil acomodações

  • Ártico - 6,5 mil acomodações

  • Praia - 900 mil acomodações

  • Cama e café - 20 mil acomodações

  • Acampamentos - 32 mil acomodações

  • Cozinha profissional - 6 mil acomodações

  • No interior - 200 mil acomodações

  • Espaços criativos - 900 acomodações

  • Design diferenciado - 27 mil acomodações

  • Golfe - 150 mil acomodações

  • Piano de cauda - 2,8 mil acomodações

  • Prédios históricos - 4 mil acomodações

  • Lago - 160 mil acomodações

  • Na beira do lago - 90 mil acomodações

  • Parques nacionais - 750 mil acomodações

  • Casas compartilhadas - 650 mil acomodações

  • Esqui - 300 mil acomodações

  • Surfe - 240 mil acomodações

  • Tropical - 500 mil acomodações

  • Vinhedos - 100 mil acomodações

Cada uma dessas categorias tem especificações próprias para atender ao gosto do hóspede. No caso do "Design diferenciado", é necessário que o imóvel tenha arquitetura e interior icônicos; já em "Prédios Históricos", você poderá ficar em locais onde figuras importantes estiveram no passado, como celebridades e autoridades.

As acomodações estão em mais de 100 mil cidades de 220 países, ou seja, atendem pessoas de praticamente qualquer lugar do mundo. Os anúncios são categorizados por um sistema de inteligência artificial associado à aprendizagem de máquina, que analisa títulos, descrições, avaliações dos hóspedes, legendas das fotos e demais informações.

Há também o trabalho da equipe de curadoria do Airbnb para revisar fotografias e dados, para evitar fraudes ou tentativas de enganar as pessoas. Tudo que vai para o ar passa por uma revisão final para garantir a consistência e a qualidade.

Um só lugar, duas acomodações

Você poderá definir entre estadias diferentes no mesmo lugar ou locais únicos em cidades próximas (Imagem: Reprodução/Airbnb)
Você poderá definir entre estadias diferentes no mesmo lugar ou locais únicos em cidades próximas (Imagem: Reprodução/Airbnb)

Com a pandemia, muita gente passou a viver de forma nômade, ou seja, mudando de lugar para lugar, sem residência fixa. Para atender a essas viagens mais longas, o serviço criou as "Estadias Combinadas", que permitem dividir uma estadia entre duas acomodações diferentes.

Essa é uma solução interessante para quem deseja viver experiências distintas em um mesmo lugar. Você pode passar um fim de semana em um acampamento isolado ou uma casa na árvore, mas retornar para o centro da cidade durante os dias úteis. São 14 categorias diferentes que podem ser combinadas para oferecer dois estilos distintos de curtir um lugar.

Cada acomodação precisa ser reservada individualmente, mas ficarão reunidas no mesmo local no app para facilitar a identificação.

Seguro para o hóspede

Se tiver problema na acomodação, o Airbnb vai ajudar a encontrar outra igual ou melhor (Imagem: Reprodução/Airbnb)
Se tiver problema na acomodação, o Airbnb vai ajudar a encontrar outra igual ou melhor (Imagem: Reprodução/Airbnb)

Por fim, o Airbnb ressaltou o lançamento do AirCover, uma espécie de seguro gratuito para dar mais tranquilidade aos hóspedes. Todas as estadias serão garantidas pelo serviço, mesmo que o anfitrião precise cancelar uma reserva faltando 30 dias ou menos: o Airbnb encontrará um local parecido ou melhor para a pessoa ou fará um reembolso.

Este "seguro" também ajudará o viajante caso não consiga fazer o check-in na acomodação ou se o anfitrião tiver algum problema inesperado. Caso o local não corresponda ao anúncio — se o chuveiro queimar e não houver o conserto rápido ou se a casa tiver menos quartos do que a promessa —, o hóspede também poderá ser beneficiado pelo sistema.

Tal medida de segurança é algo que faltava no Airbnb e levava muita gente a optar por hotéis. Com essa garantia, é provável que até os céticos topem encarar uma viagem 100% focada no app, com a tranquilidade de saber que não ficarão desemparados na sarjeta caso ocorra alguma eventualidade.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos