Mercado abrirá em 2 h 16 min
  • BOVESPA

    102.814,03
    +589,77 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.796,30
    +303,78 (+0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,02
    -1,93 (-2,76%)
     
  • OURO

    1.798,70
    +13,50 (+0,76%)
     
  • BTC-USD

    56.543,36
    -591,42 (-1,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.428,92
    -0,01 (-0,00%)
     
  • S&P500

    4.655,27
    +60,65 (+1,32%)
     
  • DOW JONES

    35.135,94
    +236,60 (+0,68%)
     
  • FTSE

    6.999,06
    -110,89 (-1,56%)
     
  • HANG SENG

    23.475,26
    -376,98 (-1,58%)
     
  • NIKKEI

    27.821,76
    -462,16 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.279,75
    -111,00 (-0,68%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3506
    +0,0214 (+0,34%)
     

Ainda vale a pena comprar Bitcoin?

·2 min de leitura

O mercado de criptomoedas, ou cripto ativos, poderia ser comparado ao lançamento de startups. As startups geralmente nascem como ideias de negócios que prometem solucionar algum problema, ou facilitar algo já existente. De forma similar, no mercado dos cripto ativos são lançados projetos que prometem entregar algum benefício, geralmente relacionados ao mundo digital.

O Bitcoin, por sua vez, é considerado a moeda virtual pioneira e mais bem-sucedida. A ideia por trás do bitcoin é simplesmente ser uma forma de reserva de valor descentralizada. Ou seja, trata-se de um ativo cujo valor depende apenas da relação oferta vs. demanda. Além disso, pelo fato de ser descentralizada, não existe a interferência direta por qualquer governo.

Outro fator interessante diz respeito a sua escassez, pois existe um fornecimento pré-programado de 21 milhões de Bitcoins. Deste modo, seu valor deve continuar aumentando à medida que sua demanda aumenta, visto que a oferta é limitada. Além disso, existe uma expectativa muito grande com relação à revolução que o mercado de criptomoedas ainda pode trazer. O que pode fazer as principais criptomoedas, como o Bitcoin, alcançarem novos patamares de valor.

Mas, independentemente do ativo, é sempre interessante acompanhar o gráfico para buscar as melhores oportunidades. Seja para compras pensando no futuro, ou para operações de curto prazo.

Dinâmica de preços.

Observando o gráfico semanal do Bitcoin, se torna mais fácil entender a dinâmica dos preços.

Após a forte alta do início deste ano, o Bitcoin fez um movimento de correção até a retração de 61,8%. Como a retração serviu de suporte, a tendência de alta continuou prevalecendo e na sequência o ativo voltou a subir.

Em setembro, quando o mercado como um todo trabalhou em queda, o Bitcoin também corrigiu. No entanto, voltou a subir acionando um padrão de continuidade de tendência conhecido como “Trick Entry”.

Conforme apresentado na imagem, as setas amarelas representam o pivô principal e as setas brancas a trick entry.

Após acionar o padrão de continuidade o ativo ganhou força e subiu até o alvo de 100%, que também coincide com o topo histórico.

O que ocorreu, no entanto, foi que a região de topo se comportou como uma resistência segurando a pressão compradora. No gráfico diário é notado que o Bitcoin já tentou por duas vezes romper o topo histórico, mas o movimento foi falho e o ativo passou a cair na sequência.

Sob esta análise, o ideal seria esperar o ativo recuar até alguma das retrações de Fibonacci e armar um novo padrão de alta, para então entrar em uma operação de compra.

Como o pivô do gráfico semanal foi acionado, existe muito espaço para o ativo continuar subindo, deste modo o ideal é esperar que um padrão mais interessante seja formado.

This article was originally posted on FX Empire

More From FXEMPIRE:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos