Mercado fechado

Ainda não sacou o PIS? Saiba como receber até R$ 1.212

Pagamentos podem ser via conta corrente ou poupança na Caixa, poupança digital ou retirados presencialmente (Getty Images)
Pagamentos podem ser via conta corrente ou poupança na Caixa, poupança digital ou retirados presencialmente

(Getty Images)

  • Mais de 480 mil trabalhadores não sacaram o PIS 2022;

  • Valores seguem disponíveis até 29 de dezembro;

  • Parcelas são pagas pela Caixa Econômica Federal.

Apesar do PIS 2022 ter sido pago entre fevereiro e março, mais de 480 mil trabalhadores ainda não sacaram o abono salarial, segundo o Ministério do Trabalho e Previdência. A boa notícia é que os valores de até R$ 1.212 seguem disponíveis até 29 de dezembro.

Quem tem direito pode receber as parcelas do PIS pela Caixa Econômica Federal – uma vez que o benefício é destinado ao setor privado. Todas as informações podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-02-07, pelo site http://www.caixa.gov.br/abonosalarial/ ou via app Caixa Trabalhador.

Os pagamentos podem ser via conta corrente ou poupança na Caixa, poupança digital ou retirados presencialmente. Veja abaixo os detalhes sobre cada um deles:

  • Conta corrente ou poupança na Caixa: Valores podem ser sacados com cartão magnético e documento de identificação nas agências da Caixa, casas lotéricas, terminais eletrônicos e correspondentes Caixa Aqui. Se o beneficiário recebe pela poupança digital pode movimentar o valor no aplicativo Caixa Tem.

  • Por meio do Cartão Cidadão: é possível sacar nos terminais de autoatendimento, casas lotéricas e postos Caixa Aqui, desde que possua a senha e esteja de acordo com o calendário de pagamento.

  • Saque nas agências, guichê de atendimento presencial ao público: É necessário levar o documento de identificação oficial com foto e o número do PIS. Esse número pode ser checado no site do Meu INSS, pelo Cnis (Cadastro Nacional de Informações Sociais), no aplicativo do FGTS e no aplicativo Caixa Trabalhador.

Como saber se tenho direito ao PIS?

Para retirar o benefício, é necessário:

  • Ter recebido por pelo menos 30 dias de trabalho em 2020;

  • Ter trabalhado com carteira assinada em 2020;

  • Ter recebido até no máximo dois salários mínimos mensais em 2020;

  • Atualização dos dados na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) por parte do empregador;

  • Estar inscrito no PIS-Pasep há pelo menos 5 anos.

Entretanto, não têm direito ao abono os trabalhadores: domésticos, rurais empregados por pessoas físicas, urbanos empregados por pessoas físicas, empregados por pessoas físicas equiparadas a jurídicas.

Quanto recebo?

O valor varia de R$ 101 – quantia recebida por quem trabalhou apenas um mês – a R$ 1.212 – valor do atual salário mínimo, pago a quem trabalhou ao longo dos 12 meses.

Confira abaixo a relação entre meses trabalhados e valores do benefício:

  • 1 mês trabalhado – R$ 101

  • 2 meses trabalhados - R$ 202

  • 3 meses trabalhados - R$ 303

  • 4 meses trabalhados - R$ 404

  • 5 meses trabalhados - R$ 505

  • 6 meses trabalhados - R$ 606

  • 7 meses trabalhados - R$ 707

  • 8 meses trabalhados - R$ 808

  • 9 meses trabalhados - R$ 909

  • 10 meses trabalhados - R$ 1.010

  • 11 meses trabalhados - R$ 1.111

  • 12 meses trabalhados - R$ 1.212

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos