Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.979,96
    +42,09 (+0,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.789,31
    +417,33 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,25
    -0,24 (-0,37%)
     
  • OURO

    1.869,30
    +1,30 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    43.132,09
    +414,28 (+0,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.206,81
    -46,33 (-3,70%)
     
  • S&P500

    4.127,83
    -35,46 (-0,85%)
     
  • DOW JONES

    34.060,66
    -267,13 (-0,78%)
     
  • FTSE

    7.034,24
    +1,39 (+0,02%)
     
  • HANG SENG

    28.593,81
    +399,72 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.208,00
    -4,00 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4307
    +0,0208 (+0,32%)
     

Ainda há esperança para Mindhunter, que pode ter 3ª temporada pela Netflix

Beatriz Vaccari
·2 minuto de leitura

O ano de 2020 começou com uma notícia difícil para os fãs da aclamada Mindhunter: a série, após duas temporadas bem recebidas pela crítica e pelo público, encontrava-se em uma espécie de hiatus — não necessariamente um cancelamento. De acordo com um porta voz de David Fincher ao TV Line em janeiro do ano passado, o cineasta se encontrava focado em produzir a segunda temporada de Love, Death and Robots e o filme Mank, ambos para a Netflix.

Agora que a série sci-fi já tem data para estrear no streaming e o filme que conta a história da produção de Cidadão Kane já foi lançado e inclusive lidera as indicações ao Oscar, parece que Fincher resolveu voltar à atenção para um outro projeto: a terceira temporada de Mindhunter.

De acordo com o Small Screen, uma fonte próxima à plataforma indicou que esse intervalo criativo da série está chegando ao fim, além de sugerir que representantes da empresa têm se encontrado com David Fincher para planejar o retorno do drama. "Tudo o que posso realmente dizer sobre Mindhunter é que as conversas entre Netflix e Fincher estão em andamento. Eles estão discutindo a possibilidade de trazer o programa de volta para uma terceira temporada. Ainda é muito cedo, mas Fincher parece mais otimista sobre o projeto", declarou Edward Lauder, jornalista do site.

(Imagem: Divulgação / Netflix)
(Imagem: Divulgação / Netflix)

Com o hiato, os integrantes de elenco da série foram liberados de seus contratos em janeiro do ano passado, e mesmo sem ter sido cancelada de fato, Mindhunter foi jogada em uma gaveta de projetos arquivados. Além da carga horária necessária para produzir a atração, como já havia relatado Fincher em entrevistas anteriores, a produção, embora traga muita audiência, é de alto orçamento.

Após a segunda temporada, Fincher chegou a conversar com Cindy Holland, vice-presidente de conteúdo original da Netflix na época, e com o CEO Ted Sarandos justamente sobre os altos custos para produzir Mindhunter. "Para a audiência que teve, foi um programa muito caro. Nós conversamos sobre 'termine Mank e depois veja como você se sente', mas, honestamente, não acho que seremos capazes de fazê-lo por menos do que eu fiz na segunda temporada. E em algum nível, você tem que ser realista — os dólares têm que ser iguais aos olhos [dos envolvidos]."

(Imagem: Divulgação / Netflix)
(Imagem: Divulgação / Netflix)

Mindhunter chegou à Netflix em 2017 e teve a segunda temporada em 2019. Queridinha dos prêmios, a série é estrelada por Jonathan Groff, Anna Torv, Holt McCallany e Stacey Roca. A história é baseada em um dos primeiros criadores de perfis criminais de assassinos seriais, John E. Douglas, acompanhando a rotina e o trabalho dos agentes do FBI Holden Ford (Groff), Bill Tench (McCallany) e a psicóloga Wendy Carr (Torv) ao longo das décadas de 1970 e 1980.

Ambas temporadas seguem disponíveis na Netflix.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: