Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.218,29
    +1.567,24 (+1,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.811,69
    +569,88 (+1,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,48
    +0,98 (+1,08%)
     
  • OURO

    1.806,20
    -6,10 (-0,34%)
     
  • BTC-USD

    23.670,50
    +585,40 (+2,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    557,76
    +26,54 (+5,00%)
     
  • S&P500

    4.210,24
    +87,77 (+2,13%)
     
  • DOW JONES

    33.309,51
    +535,10 (+1,63%)
     
  • FTSE

    7.507,11
    +18,96 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    19.610,84
    -392,60 (-1,96%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.392,50
    +361,00 (+2,77%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2397
    +0,0070 (+0,13%)
     

Agtech: entenda o que é e como funciona uma

A agtech é a startup com foco no desenvolvimento de agricultura (Getty Images)
A agtech é a startup com foco no desenvolvimento de agricultura (Getty Images)

Neste artigo você encontra as seguintes informações sobre Agtech:

  • O que são AgTechs?

  • Onde as AgTechs atuam?

  • Quais vantagens as AgTechs promovem para o meio rural?

Cada vez mais a tecnologia invade não só o dia a dia das grandes cidades, mas também do meio rural. Desta forma, o agronegócio também enxerga a era digital como uma forma de se modernizar.

Hoje, boa parte do setor aposta em AgTechs para se manter cada vez mais competitivo no mercado, mas como isso acontece?

O que são AgTechs?

As AgTechs nada mais são do que startups que procuram soluções tecnológicas para o agronegócio, pensando principalmente no modus operandi do mercado rural.

Visto que o Brasil é um dos maiores produtores de comida do globo, estas empresas possibilitam um grande avanço no setor por meio da otimização de processos e automação da rotina campestre gerando um aumento na produtividade.

Onde as AgTechs atuam?

Em busca da otimização de processos, as AgTechs podem atuar em todos os segmentos do agronegócio.

Desta forma, elas oferecem sistemas específicos para logística, pecuária, grãos, colheitas. Além disso, auxiliam na automatização dos processos e soluções financeiras.

Quais vantagens as AgTechs promovem?

Antes de tudo, é preciso esclarecer que as AgTechs comercializam serviços e sistemas de software especializados em gestão de campos. Assim, pode ser considerada um dos pilares da Agricultura 4.0, já que fornecem robôs, sensores, drones e biotecnologia etc.

Esse modelo de negócio proporciona inovações tecnológicas para o setor rural, facilitando os processos desde o plantio até a colheita bem como os processos de gestão do produtor.

Como funciona a agricultura 4.0?

A agricultura 4.0 precisa de softwares, sistemas e uso integrados de máquinas para que possa existir. Com isso, os processos se tornam otimizados e é possível aproveitar insumos de forma inteligente.

Por meio das tecnologias, é possível realizar o monitoramento da produtividade agríola, estudo de solo e controle de pragas, Mas ela também auxilia na gestão, distribuição de recursos e processos de administração.

Qual o principal objetivo da agricultura 4.0?

O que a agricultura 4.0 tem como principal demanda é otimizar a produção e gestão agrícola em todas as suas etapas.

Com a automação, trabalhadores rurais possuem maior proveito dos insumos, além de aumentar a segurança dos funcionários e reduzir impactos ambientais negativos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos