Mercado fechado
  • BOVESPA

    130.207,96
    +766,93 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.029,54
    -256,92 (-0,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,93
    +0,05 (+0,07%)
     
  • OURO

    1.863,90
    -2,00 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    40.271,10
    +1.338,98 (+3,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.007,60
    +38,76 (+4,00%)
     
  • S&P500

    4.255,15
    +7,71 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.393,75
    -85,85 (-0,25%)
     
  • FTSE

    7.146,68
    +12,62 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.503,21
    -338,92 (-1,18%)
     
  • NIKKEI

    29.356,07
    +194,27 (+0,67%)
     
  • NASDAQ

    14.141,00
    +16,25 (+0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1470
    +0,0155 (+0,25%)
     

Agrishow é adiada para 2022 por pandemia; Fenasucro também altera datas

·2 minuto de leitura
Máquinas agrícolas expostas na Agrishow, em Ribeirão Preto (SP)

SÃO PAULO (Reuters) - A Agrishow, uma das principais feiras de máquinas e tecnologias agrícolas do mundo, que ocorre em Ribeirão Preto (SP), foi adiada pelo segundo ano consecutivo em função da pandemia de Covid-19, de acordo com nota enviada pela organização do evento a expositores nesta quarta-feira.

Inicialmente programada para acontecer entre 21 e 25 de junho deste ano, a Agrishow foi postergada para o período de 25 a 29 de abril de 2022 após pesquisa conduzida pela Informa Markets, que organiza o evento, junto a expositores.

Segundo o comunicado, o resultado do levantamento mostrou que a maioria dos expositores não acredita na possibilidade de realização do evento neste ano em razão das barreiras sanitárias e das incertezas representadas pela pandemia.

"De fato, a situação da saúde pública no Brasil ainda é considerada grave e não nos permite uma visibilidade de qual será o seu patamar em junho e as consequentes restrições impostas pelos órgãos governamentais", disse a Informa Markets.

A cidade de Ribeirão Preto, palco da Agrishow, registrou até o momento 72.101 casos de Covid-19 e 1.908 óbitos em decorrência da doença, segundo boletim publicado pela prefeitura nesta quarta-feira.

O evento já havia sido adiado por causa da pandemia no ano passado, quando esperava atrair mais de 150 mil visitantes. No ano anterior, quando ocorreu normalmente, a Agrishow gerou quase 3 bilhões de reais em negócios.

FENASUCRO

O anúncio da alteração de datas da Agrishow coincide com o adiamento de outra importante feira do setor agrícola, a Fenasucro & Agrocana, que comunicou nesta quarta-feira que a realização do evento foi postergada para o período de 9 a 12 de novembro de 2021.

"Esta decisão considera análise feita junto a visitantes e expositores do evento e foi tomada em um cenário altamente imprevisível, tendo como principais objetivos resguardar a saúde e a integridade de todos os participantes, assim como responder de forma adequada aos impactos causados pela pandemia", disseram em nota a Reed Exhibitions e o CEISE-Br, parceiros na realização da feira, que ocorre em Sertãozinho (SP).

Eles destacaram que, no ano passado, a Fenasucro & Agrocana já havia sido obrigada a se reinventar para manter seu propósito no ambiente digital devido à pandemia. O recurso foi utilizado por diversos eventos do setor ao longo de 2020.

"Estamos otimistas com a realização do evento em novembro. A feira já está preparada para oferecer toda a segurança com os novos protocolos sanitários de eventos e as melhores oportunidades de negócios e conteúdo", afirmaram os organizadores.

(Por Gabriel Araujo)