Mercado fechado

Agora é oficial: reabertura da Ponte da Amizade ocorrerá no próximo dia 15

Rui Maciel
·2 minutos de leitura

A Ponte da Amizade, que conecta o Brasil ao Paraguai, será oficialmente reaberta no próximo dia 15 de outubro. Fechada desde março devido à pandemia do coronavírus, o ato de reativação do local contará com a presença dos presidentes Jair Bolsonaro (Brasil) e Mario Abdo Benitez (Paraguai).

A solenidade terá acesso restrito, mas poderá ser acompanhada de forma online, com os canais ainda a ser definidos. Os detalhes do encontro ainda estão sendo definidos, logo, a agenda pode passar por mudanças. Isso porque Bolsonaro também visitará as obras de uma segunda ponte, que conecta Foz do Iguaçu à cidade de Presidente Franco, município vizinho à Ciudad del Este. Financiada pela usina de Itaipu, a construção está com 40% das instalações concretizadas.

Reativação do comércio entre Brasil e Paraguai

A reabertura da Ponte da Amizade foi oficializada entre Bolsonaro e Benitez no dia 02 de outubro, depois de um telefonema feito entre ambos os mandatários. A proposta de reabertura tem como principal objetivo reativar o turismo de compras na fronteira. A pandemia da COVID-19 atingiu em cheio as lojas localizadas em Ciudad del Este, cujo faturamento vem majoritariamente do público brasileiro, com destaques para eletrônicos como smartphones e videogames.

Quando a crise do coronavírus começou a ganhar a América do Sul, o Paraguai tomou medidas duras para conter a propagação da COVID-19 em seu território. Para isso, fechou as suas fronteiras com o Brasil e promoveu um lockdown, permitindo que a população saia às ruas apenas para o essencial, ou seja, fazer compras em supermercados ou farmácias. No mais, tudo parado, incluindo o comércio em geral.

Com a redução drástica das compras, muitas das maiores lojas de eletrônicos em Ciudad del Este tiveram de demitir a maioria de seus funcionários. Além disso, outras já estavam considerando se mudar para o lado brasileiro da fronteira, já que o grosso do seu mercado consumidor estava lá. Antes da pandemia, estabelecimentos de maior porte chegavam a receber mais de 10 mil clientes por dia.

Protocolo sanitário

Para determinar a reabertura da Ponte da Amizade houve a definição do protocolo sanitário a ser seguido na fronteira e que foi aprovado pelas autoridades sanitárias de ambos os países. O plano proposto indica uma reabertura parcial da ponte e, após uma análise da evolução da doença, ocorreria a abertura total da mesma.

A proposta sugere ainda a criação de uma área controlada para entrada e saída de pessoas das cidades de Minga Guazú, Ciudad del Este e Presidente Franco. Caso as medidas entrem em vigor, os brasileiros poderão entrar no Paraguai entre 6h e 15h e sair até 19h.

Com informações do H2FOZ e Paraná Portal

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: