Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    36.059,38
    +595,75 (+1,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Agora é no Santos! O que esperar de Fernando Diniz?

·2 minuto de leitura

Santos e Fernando Diniz chegaram a um acordo para que o técnico assuma o comando da equipe. O ex-treinador do São Paulo não aparecia como plano A do Alvinegro Praiano, afinal, Renato Gaúcho e Lisca foram sondados primeiro, mas recusaram. O técnico, até então terceira opção do Peixe, pode oferecer exatamente o tipo de comando que os Meninos da Vila estão precisando.

Diniz terá bons nomes para trabalhar | Alexandre Schneider/Getty Images
Diniz terá bons nomes para trabalhar | Alexandre Schneider/Getty Images

Diego Costa, Luan, Gabriel Sara, Igor Gomes e Brenner foram alguns dos jovens tricolores que se estabeleceram na equipe do Morumbi sob liderança de Diniz. O treinador sabe trabalhar com joias da base, e a equipe da Baixada Santistas está novamente cheia de promessas - mais recentemente, Gabriel Pirani, 19 anos, foi destaque na goleada sobre o The Strongest, na Libertadores.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Além disso, Diniz parece entender a realidade financeira do Peixe. Ele não irá receber grandes reforços e dificilmente um Yeferson Soteldo vai surgir do dia pra noite no banco de reservas. Será necessário lidar com as peças que estão ali, e o próprio torcedor precisa entender que Fernando chega para comandar um plantel, não cumprir função de milagreiro. Se a chegada representa bom cenário ao Santos, essa movimentação é tudo que Diniz precisava para desapegar dos erros do passado. Dificilmente ele terá imagem limpa com os torcedores do São Paulo novamente, mas o profissional tampouco merece ser marcado eternamente pela confusão com Tchê Tchê e queda de rendimento do Tricolor Paulista.

Treinador não merece ficar marcado pelos erros do passado | Miguel Schincariol/Getty Images
Treinador não merece ficar marcado pelos erros do passado | Miguel Schincariol/Getty Images

É esperado, no entanto, que o comandante tenha aprendido com seus próprios equívocos. A convicção absurda em um sistema que já não funcionava custou seu emprego e admiração de milhares de torcedores. O treinador está perto de ganhar uma segunda chance de ouro e, no cemitério do futebol brasileiro, poucas pessoas recebem duas oportunidades. O título do Campeonato Brasileiro 2020, que estava encaminhado ao Morumbi e tomou rumos diferentes, não volta. Mas Fernando Diniz, hoje, chega à Vila Belmiro como bom nome e seu estilo de jogo propositivo pode render.

Para mais notícias do Santos, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.