Mercado abrirá em 7 h 24 min

Agente Oculto | O que esperar do novo filme dos Irmãos Russo na Netflix?

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Os fãs do bom e velho cinema de ação já têm compromisso marcado para a próxima sexta-feira (22), data em que Agente Oculto chega à Netflix. O filme é uma das principais apostas da plataforma para este ano e traz uma combinação bastante poderosa para isso: uma história com muito potencial, espaço para sequências, um elenco de peso e grandes nomes na direção. Mas, o que esperar do novo filme dos Irmãos Russo?

O simples fato de ser uma produção dos mesmos responsáveis por Vingadores: Guerra Infinita e Ultimato já é uma excelente notícia. Só que, dessa vez, o mega encontro promovido por eles não vai ser de super-heróis, mas de grandes astros de Hollywood mesmo. Com Ryan Gosling, Chris Evans e Ana de Armas no elenco principal, é difícil pensar em como isso pode dar errado.

Em termos de trama, Agente Oculto é exatamente o filme de ação e espionagem que a gente conhece tão bem, com o herói sendo o velho agente traído que precisa correr o mundo para descobrir o que está acontecendo e limpar sem nome enquanto luta para sobreviver. Só que existem algumas coisas a mais que tornam as coisas mais interessantes.

A história é centrada em Court Gentry (Gosling), um dos mais habilidosos mercenários da CIA que descobre alguns segredos sujos relacionados à agência. Com isso, sua cabeça é colocada a prêmio e outros agentes com quem ele trabalhou no passado passam a caçá-lo — incluindo Lloyd Hansen (Evans), um ex-colega que sempre foi visto como um psicopata.

Assim, tem início uma longa perseguição ao redor do globo e muita troca de porrada, tiro e piadinhas do jeito que a gente gosta.

O que há por trás de Agente Oculto

A princípio, esse roteiro não tem nada de mais além de um elenco carismático. Contudo, toda a expectativa em torno de Agente Oculto está também na origem dessa história e principalmente no potencial que isso oferece. O longa é baseado no primeiro de uma série de livros e, a depender do sucesso do filme, pode ser que tenhamos uma nova franquia surgindo aí.

Agente Oculto traz Ryan Gosling como agente caçado por sua antiga agência (Imagem: Divulgação/Netflix)
Agente Oculto traz Ryan Gosling como agente caçado por sua antiga agência (Imagem: Divulgação/Netflix)

A estreia desta semana da Netflix é baseada em The Gray Man, de Mark Greaney, a primeira obra de uma série de histórias sobre investigação e espionagem que fez muito sucesso lá fora. Ao todo, já foram publicados 11 livros desse universo, com o próximo previsto para o ano que vem.

Só isso já é o suficiente para fazer Hollywood crescer os olhos em cima da história. Contudo, é o estilo de Greaney que pode casar muito bem no streaming e fazer com que Agente Oculto seja o sucesso que todos esperam.

O autor se tornou um dos principais nomes dessa nova geração de escritores de espionagem, com a série Agente Oculto sendo o seu principal trabalho. A partir daí, passou a desenvolver outras obras dentro dessa mesma temática a ponto de ser um dos principais colaboradores de Tom Clancy, um dos grandes ícones do gênero, em seus últimos anos de vida e também depois, já que foi ele quem continuou a saga Jack Ryan a partir de 2013.

Longa se apoia muito na temática de espionagem e tem potencial para virar uma franquia tão popular quanto os livros (Imagem: Divulgação/Netflix)
Longa se apoia muito na temática de espionagem e tem potencial para virar uma franquia tão popular quanto os livros (Imagem: Divulgação/Netflix)

Dessa forma, é possível até dizer que Agente Oculto traz muitos elementos das histórias de Tom Clancy, seja em termos de influência e temático, ou pelo simples fato de Greaney ter passado pela obra do mestre.

Isso só comprova o quanto o novo filme da Netflix tem muito potencial para se tornar uma franquia tão interessante e longeva quanto a própria Jack Ryan. E, caso isso aconteça, teremos uma série de filmes protagonizada por um nome de peso como Ryan Gosling, que já emplacou diferentes sucessos e em diferentes gêneros. Aliás, essa seria a consolidação de sua imagem como herói de ação, algo que ele ainda não tem — o que seria uma boa para contrastar com sua participação em Barbie, por exemplo.

Uma boa química

Além do próprio Gosling, a participação dos demais nomes do elenco de Agente Oculto também é um belo de um destaque. Ana de Armas se tornou a nova queridinha do cinema e já mostrou que encara muito bem o mundo da ação em 007: Sem Tempo para Morrer. Já Chris Evans dispensa apresentação, embora seja muito interessante ver o eterno Capitão América como um vilão.

E para comandar todo esse pessoal junto, temos os Irmãos Russo comandando a coisa toda, o que é outro dos destaques do longa. Até porque eles se apresentaram ao mundo com uma história de espionagem e porradaria com Capitão América: Soldado Invernal, o que só eleva as expectativas por aqui.

No filme da Marvel, Joe e Anthony Russo já apresentaram essa trama do herói ligado a uma mega agência governamental repleta de segredos e que se volta contra ele ao ameaçar expor o que está acontecendo. A diferença é que essa era uma história que carrega os contornos heróicos que leva tudo para o lado da fantasia, o que dá a Agente Oculto a oportunidade de contar essa mesma trama de forma mais pé no chão.

Ao mesmo tempo, Soldado Invernal serviu para mostrar o quanto os diretores são bons tanto para comandar cenas de ação quanto para tirar o melhor dos atores. Tanto que Chris Evans só se torna o Capitão América de verdade, com toda a pose e presença que se espera do personagem, sobre a batuta dos irmãos.

O bigodinho de Chris Evans é quase um personagem à parte (Imagem: Divulgação/Netflix)
O bigodinho de Chris Evans é quase um personagem à parte (Imagem: Divulgação/Netflix)

Isso tudo nos faz esperar muito desse elenco. Evans já é um velho conhecido da dupla, então Ryan Gosling e Ana de Armas vão ser as grandes surpresas e podem entregar muito, seja na ação propriamente dita ou nos momentos mais calmos, de desenvolvimento de trama.

Além disso, podemos esperar até mesmo algumas doses pontuais de humor. Os Irmãos Russo sabem adicionar aqueles comentários engraçadinhos no meio da luta e da perseguição sem descambar para a comédia. Até hoje, Soldado Invernal é considerado um dos filmes mais sérios da Marvel, mas nem por isso ele deixa o bom humor de lado. O mesmo acontece com Guerra Infinita e Ultimato.

E os próprios trailers de Agente Oculto já dão uma noção de como isso vai ser aplicado no novo longa. Essa rivalidade entre os personagens de Gosling e Evans vai ser muito bem pontuada por provocações e tiradas de sarro que trazem uma leveza para a situação, mas sem perder o foco na ação. O histórico é bom e o que foi mostrado é melhor ainda.

Filme vai apostar na boa química dos atores e na ótima direção para ser um dos grandes destaques do streaming no ano (Imagem: Divulgação/Netflix)
Filme vai apostar na boa química dos atores e na ótima direção para ser um dos grandes destaques do streaming no ano (Imagem: Divulgação/Netflix)

No fim das contas, todo o hype em torno da estreia faz sentido e esperamos que seja justificado. Há muito potencial tanto no filme em si quanto em seu futuro — e a Netflix está sedenta por um sucesso assim.

Agente Oculto chega ao streaming no dia 22 de julho.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos