Mercado abrirá em 2 h 26 min

Agenda do Dia: Eletrobras; Tupy; Carrefour Brasil; XP; Bradesco

Juliano Passaro
Agenda do Dia: Eletrobras; Tupy; Carrefour Brasil; XP; Bradesco

Os assuntos da Agenda do Dia desta quinta-feira (23) prometem mexer com o mercado interno e o externo.

A Eletrobras informou que deu início ao processo de emissão de títulos de dívida no mercado internacional. A XP atingiu R$ 100 bilhões em valor de mercado, após 40 dias na bolsa Nasdaq.

A Agenda do Dia conta também com a notícia sobre o Carrefour Brasil, que registrou alta de 11,4% nas vendas brutas do quarto trimestre de 2019.

Confira os principais pontos da Agenda do Dia:

Eletrobras

A Eletrobras (ELET6) informou, na última quarta-feira (22), que iniciou o processo de emissão de títulos de dívida no mercado internacional com valor que pode chegar a US$ 1,75 bilhão, segundo o fato relevante divulgado pela companhia.

De acordo com a Eletrobras, os títulos possuem vencimentos em cinco anos (denominados “Notes 2025”) e em dez anos (denominados “Notes 2030”), somando que os cupons serão definidos seguindo a demanda de mercado.

Veja também: Grow anuncia que deixará de operar em 14 cidades brasileiras

Além disso, a Eletrobras também anunciou uma oferta de aquisição dos títulos emitidos pela companhia de energia elétrica no mercado externo com vencimento no ano que vem, chamadas de “Notes 2021”, que oferecem um cupom de 5,75%.

Tupy

A Tupy (TUPY3) anunciou que pretende recomprar até 235 mil ações ordinárias até o fim do ano. Os papéis irão para o programa de outorga de opção de ações, aprovado em novembro de 2014, tendo o prazo que vencerá em 11 de dezembro.

De acordo com o comunicado divulgado pela Tupy, na última quarta-feira (22), após o fechamento do mercado, os papéis serão adquiridos a preço de mercado, no pregão da Bolsa de Valores de São Paulo (B3).

Carrefour Brasil

O Carrefour Brasil (CRFB3) apresentou um crescimento de 11,4% nas vendas brutas do 4º trimestre de 2019 em relação ao mesmo período do ano anterior, para R$ 16,84 bilhões. As informações foram publicadas na última quarta-feira (22).

Os números não consideram as vendas de combustíveis em postos da marca. A empresa informou que as vendas em lojas abertas há ao menos um ano avançaram 7,6% no período.

XP

A XP Investimentos está valendo R$ 100 bilhões em valor de mercado. A empresa foi listada na bolsa Nasdaq, em Nova York, no final do ano passado. Se a XP estivesse na Bolsa de Valores de São Paulo, estaria entre as dez maiores empresas em valor de mercado. Assim, disputaria posições com a Vale, grandes instituições financeiras, a Ambev e também a Petrobras. A valorização dos papéis da XP foi de 60% desde sua abertura de capital. As informações foram publicadas na manhã desta quinta-feira (23), pelo jornal "O Estado de S. Paulo".

Copel

A Copel irá vender sua participação acionária na Eletrosul. A aprovação do negócio foi feita na última quarta-feira (22), em Curitiba (PR). “O Conselho autorizou que a diretoria de Finanças delibere sobre a saída da Companhia de negócios que tratem de ativos financeiros não estratégicos”, diz parte do texto da reunião.

Odebrecht

A assembleia de credores da Odebrecht deve ser adiada novamente, por mais 30 dias. Sendo assim, a aprovação do plano de recuperação judicial será postergada. É importante destacar que a Odebrecht entrou com esse pedido em junho de 2019, com dividas que chegam ao valor de R$ 98,5 bilhões.

Bradesco

De acordo com informações do jornal "Valor Econômico", o Bradesco captou US$ 1,6 bilhão em uma nova emissão externa. O banco emitiu US$ 800 milhões na prazo de três anos, com yield de 2,85%, além de US$ 800 milhões no período de cinco anos, com yield de 3,20%.

A Agenda do Dia da Suno mostra os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia.