Mercado fechado

PIX deve tirar até 8% da receita de bancos com taxas

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
PIX promete balançar o mercado. (Foto: Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
PIX promete balançar o mercado. (Foto: Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

O PIX segue movimentando o setor financeiro e bancário, agora com um novo estudo lançado pela agência de classificação de risco Moody’s, segundo a qual o novo sistema deve tirar até 8% da receita dos bancos com taxas. As informações são do portal G1.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

O relatório foi divulgado nesta terça-feira (6), e aponta que as facilidades – e gratuidade – do PIX devem causar uma migração em massa de outros formatos de transferências, como o DOC e o TED, que são cobrados.

Leia também

“O PIX será um concorrente direto dos sistemas de pagamento existentes, incluindo TED (Transferência Eletrônica Disponível) e pagamentos com cartão de débito por causa de seu sistema digital mais barato e rápido”, diz o relatório da Moody’s.

Outra vantagem do PIX sobre os outros sistemas é sua disponibilidade: ele funcionará, segundo o Banco Central, 24 horas por dia, 7 dias por semana, mesmo em feriados, e levará segundos para ser realizado.

Isso leva a um outro uso que a Moody’s vê como promissor para o sistema: a transferência de valores como pagamento no varejo, em vez do uso de cartões de débito.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube