Mercado abrirá em 9 h 59 min
  • BOVESPA

    129.259,49
    -831,51 (-0,64%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.579,10
    -329,10 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.825,20
    -36,20 (-1,94%)
     
  • BTC-USD

    38.727,21
    -1.326,78 (-3,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    962,77
    -29,70 (-2,99%)
     
  • S&P500

    4.223,70
    -22,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.033,67
    -265,63 (-0,77%)
     
  • FTSE

    7.184,95
    +12,47 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    28.444,94
    +8,10 (+0,03%)
     
  • NIKKEI

    28.906,75
    -384,26 (-1,31%)
     
  • NASDAQ

    13.911,75
    -69,50 (-0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0775
    +0,0155 (+0,26%)
     

Agência de saúde americana alerta para falsos remédios que prometem “curar” infertilidade

·2 minuto de leitura
Agência de saúde americana alerta para falsos remédios que prometem “curar” infertilidade
Agência de saúde americana alerta para falsos remédios que prometem “curar” infertilidade

A Food and Drug Administration (FDA), a “Anvisa” dos Estados Unidos, emitiu um comunicado alertando as mulheres sobre falsos medicamentos que prometem curar a infertilidade e quaisquer outros problemas relacionados à saúde reprodutiva. Segundo a instituição, os suplementos não são aprovados pela reguladora e podem trazer danos ao invés de benefícios.

“Depender de produtos ineficazes e não comprovados pode ser uma perda de tempo e dinheiro e pode resultar em doenças ou ferimentos graves”, disse o FDA em um comunicado à imprensa, ressaltando a não comprovação dos chamados ‘auxiliares de fertilidade’.

“É importante saber que esses produtos não são baseados em informações científicas comprovadas e não foram revisados ​​quanto à segurança e eficácia.”

De acordo com o Medical Xpress, a agência explicou que os produtos estão sendo vendidos de forma online como ‘suplementos dietéticos’ e os vendedores fazem falsas afirmações sobre a eficácia do medicamento, além de compartilhar supostos casos de sucesso clientes com depoimentos falsos.

Agência de saúde americana alerta para falsos remédios que prometem “curar” infertilidade. Imagem: Shutterstock
Agência de saúde americana alerta para falsos remédios que prometem “curar” infertilidade. Imagem: Shutterstock

Algumas declarações para venda incluem promessas como:

  • “Você vai engravidar muito rápido e dar à luz crianças saudáveis, independentemente de quão grave ou crônico seja o seu distúrbio de infertilidade.”

  • “Os melhores suplementos de fertilidade para aumentar sua chance de gravidez ou melhorar sua taxa de sucesso de fertilização in vitro.”

O marketing para a comercialização do produto também inclui nomes como “Cura milagrosa” e “Descoberta científica”.

Leia mais!

Segundo a FDA, antes de comprar e ingerir qualquer medicamento de venda livre é imprescindível que o paciente converse com seu médico. Também não se deve consumir remédios sem prescrição ou orientação médica.

De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, 12% das mulheres entre 15 e 44 anos no país têm dificuldade para engravidar ou manter a gravidez.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos