Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.812,87
    +105,11 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.729,80
    -4,24 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,34
    -0,16 (-0,18%)
     
  • OURO

    1.768,90
    -2,30 (-0,13%)
     
  • BTC-USD

    22.773,78
    -672,52 (-2,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    541,74
    -15,99 (-2,87%)
     
  • S&P500

    4.283,74
    +9,70 (+0,23%)
     
  • DOW JONES

    33.999,04
    +18,72 (+0,06%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.831,80
    +67,89 (+0,34%)
     
  • NIKKEI

    28.961,50
    +19,36 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    13.506,75
    -16,50 (-0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2108
    -0,0030 (-0,06%)
     

Agência dos EUA ameaça bloquear compra da Arm pela Nvidia

·2 min de leitura

Por Stephen Nellis e David Shepardson

SÃO FRANCISCO/WASHINGTON (Reuters) - A Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC) ameaçou bloquear a aquisição da projetista britânica de chips Arm pela Nvidia, por mais de 80 bilhões de dólares, ampliando os já significativos desafios regulatórios globais do negócio.

O FTC disse que o acordo proposto dará a uma das maiores empresas de chips, o controle sobre a tecnologia de computação e designs dos quais os concorrentes dependem para desenvolver seus próprios componentes.

Composto por dois republicanos e dois democratas, a agência votou por 4 a 0 para aprovar posição contrária à fusão. A FTC alegou que "a fusão dará à Nvidia a capacidade e incentivo para usar seu controle dessa tecnologia para minar seus concorrentes, reduzindo a concorrência e, em última análise, resultando em qualidade reduzida do produto, baixa inovação, preços mais altos e menor escolha, prejudicando milhões de norte-americanos que se beneficiam de produtos da Arm".

A FTC acrescentou que a empresa combinada "terá os meios e incentivos para sufocar tecnologias inovadoras da próxima geração, incluindo aquelas usadas para operar datacenters e sistemas de assistência ao motorista em carros".

A Nvidia terá que pagar uma multa de 1,25 bilhão de dólares se o negócio não for fechado.

Antes da oferta da Nvidia, o Softbank planejava fazer uma oferta pública inicial (IPO) da Arm. Apesar da receita da empresa tem mostrado crescimento rápido, avançando 56,3%, para 1,46 bilhão de dólares nos seis meses encerrados em 30 de setembro, não está claro se a Arm, em um IPO, alcançaria algo próximo aos 80 bilhões de dólares em valor oferecido pela Nvidia.

Algumas empresas de semicondutores, como MediaTek e Broadcom, manifestaram apoio ao negócio. Mas outras empresas como a Qualcomm se opuseram.

A Nvidia disse que "trabalhará para demonstrar que a transação beneficiará a indústria e promoverá a concorrência". A Arm não quis comentar e a Qualcomm não respondeu a um pedido de comentário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos