Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.877,70
    -53,10 (-2,75%)
     
  • BTC-USD

    23.093,20
    -318,14 (-1,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Afeela planeja família completa para o “PlayStation Car”

A Afeela, joint venture criada pela Sony e pela Honda para vender carros elétricos, não pretende colocar no mercado apenas o carro apresentado em forma de protótipo durante a última Consumer Electronics Experience (CES 2023). Além do sedan mostrado na feira em Las Vegas, há planos para pelo menos mais dois modelos na família do chamado “PlayStation Car”.

“Se passarmos cinco anos com apenas um modelo, todos esquecerão a Sony Honda Mobility. 'Sony Honda Mobility? História muito triste', dirão”, brincou Yasuhide Mizuno, presidente e CEO da joint venture, justificando sua decisão. “Precisamos de um line-up, e não somente de um único modelo”, completou, em entrevista para o site britânico AutoCar.

Segundo o executivo, os novos modelos deverão ser um SUV, um segundo sedan e um MPV (Multi Purpose Vehicle, ou automóvel com vários propósitos, na tradução livre). Este tipo de carro costuma ter um teto mais alto, estilo minivan, como a Chevrolet Spin, bastante popular entre motoristas de táxi ou aplicativos. Por conta disso, também é chamado de “carro de festa”.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A inclusão de um MPV no portfólio, porém, está atrelada a uma condição importante: o desenvolvimento e implementação de um nível de direção autônoma avançado. “Um SUV é o próximo passo, mas talvez um MPV. Se atingirmos o nível três, nível quatro, talvez todos precisem de um 'carro de festa’”.

Afeela sedan, primeiro carro elétrico da união Honda + Sony, apareceu na CES 2023 (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)
Afeela sedan, primeiro carro elétrico da união Honda + Sony, apareceu na CES 2023 (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)

Afeela: preço e disponibilidade

O consumidor brasileiro que se empolgou com as primeiras informações sobre o Afeela, porém, pode começar a se acalmar. A princípio, pelo menos, a intenção da joint venture entre Honda e Sony não é vender os carros elétricos da marca por aqui.

Segundo Mizuno, os carros que serão construídos na plataforma e:Architeture da Honda deverão chegar aos Estados Unidos (país onde serão fabricados) e ao Japão em 2026, e aos principais centros da Europa em 2027. E o preço°

Ainda não há qualquer informação concreta ou indício de quanto custarão os carros produzidos pela Afeela, mas a ideia da marca é que não sejam carros premium, mas “de alto valor”, ou seja, também destinados a um público com maior poder aquisitivo. Afinal, os projetos serão feitos para que o cliente possa atualizar o carro remotamente, via software, pelo resto da vida.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: