Mercado fechado

AES Tietê fecha acordo com Anglo American e viabiliza parque eólico na Bahia

Por Luciano Costa

Por Luciano Costa

SÃO PAULO (Reuters) - A elétrica AES Tietê formalizou um contrato de venda de energia com a mineradora Anglo American que viabilizará a construção de um parque eólico na Bahia, afirmou a empresa em nota nesta terça-feira.

O acordo prevê fornecimento de energia à Anglo American por 15 anos a partir de 2022, envolvendo 70 megawatts médios em energia assegurada, segundo a companhia controlada pela norte-americana AES.

Com o fechamento do negócio, a AES Tietê irá iniciar em 2021 a construção do parque eólico, com 167,4 megawatts em capacidade e investimento estimado de 670 milhões de reais.

Em novembro, a AES Tietê já havia anunciado parceria com a Unipar Carbocloro envolvendo a criação de uma joint venture para desenvolver um parque eólico na mesma região, com um contrato de venda da produção da usina por 20 anos. O aporte previsto é de 620 milhões de reais, divididos entre as duas empresas.

"É importante destacar que os novos projetos divulgados fazem parte da estratégia de crescimento da empresa, sempre visando a criação de valor para os nossos acionistas", afirmou a AES Tietê em nota à imprensa.

A AES Tietê tem apostado em uma estratégia de expansão com fontes renováveis focada em usinas eólicas e solares. A companhia havia informado em agosto que buscaria contratos privados para viabilizar seus projetos, em meio a preços baixos em leilões do governo para contratação de novas usinas.