Mercado fechado

Advent capta US$ 2 bilhões para fundo que investe na América Latina

Álvaro Campos
·1 minuto de leitura

Capital total levantado pela Advent para investimentos em empresas da América Latina desde 1996 soma aproximadamente US$ 8 bilhões Carol Carquejeiro/Valor A Advent International informou nesta terça-feira que captou US$ 2 bilhões (quase R$ 11 bilhões) para sétimo fundo de private equity dedicado à América Latina. Com o novo fundo, chamado LAPEF VII, o capital total levantado pela Advent para investimentos em empresas da América Latina desde 1996 soma aproximadamente US$ 8 bilhões. “Continuamos a ver oportunidades de investimento interessantes na região. Pretendemos nos aliar a empresas de médio e grande porte e ajudá-las a expandir seus negócios usando nossa profunda experiência nos setores em que nos especializamos, nossa plataforma global e recursos operacionais de primeira linha”, disse em nota Patrice Etlin, managing partner da Advent em São Paulo e membro de seu comitê executivo global. O LAPEF VII investirá principalmente em Brasil, Colômbia, México e Peru, e também pode aproveitar oportunidades em países como Argentina e Chile. O fundo atuará nos cinco setores em que a Advent é especializada: serviços e serviços financeiros; saúde; industrial; varejo, consumo e lazer; e tecnologia. Os aportes podem variar de US$ 50 milhões a US$ 300 milhões ou mais. Desde 1996, a Advent investiu ou comprometeu US$ 6,8 bilhões em 64 negócios na região e vendeu a totalidade de suas posições em 43 empresas, sendo nove por meio de IPOs. No Brasil, foram US$ 3,7 bilhões em 27 empresas brasileiras. Os investimentos recentes incluem Nubank; a CI&T; Prisma Medios de Pago; Grupo BIG (antigo Walmart Brasil); Grupo Farmacéutico Somar; YDUQS; e Canvia. Já nos desinvestimentos recentes estão companhias como Easynvest; Lojas Quero-Quero; Ocensa; Grupo Biotoscana (GBT); International Meal Company (IMC); e Grupo Fleury.