Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.924,87
    +746,14 (+1,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.282,75
    -226,75 (-1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

Adriano Imperador apoia decisão de Simone Biles de abandonar final olímpica

·1 minuto de leitura
***ARQUIVO***RIO DE JANEIRO: Ex-jogador Adriano durante visita a comunidade da Vila Cruzeiro, no Rio de Janeiro. (Foto: Rafael Andrade/Folhapress)
***ARQUIVO***RIO DE JANEIRO: Ex-jogador Adriano durante visita a comunidade da Vila Cruzeiro, no Rio de Janeiro. (Foto: Rafael Andrade/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-jogador de futebol Adriano Imperador, 39, usou as redes sociais nesta quarta-feira (28) para apoiar a decisão da norte-americana Simone Biles de abandonar as finais por equipes e individual geral da ginástica artística nas Olimpíadas de Tóquio. Ela afirmou ter deixado as disputas para cuidar da saúde mental.

"Simone Biles... sei exatamente o que está passando, não deixe as pessoas te crucificarem. Seja feliz e cuide da cabeça! Passei por isso e até hoje sou questionado. Que Deus perdoe essas pessoas ruins, Simone Biles", escreveu o ex-jogador, em uma publicação no Instagram acompanhada da foto da ginasta.

Ídolo da Inter de Milão, Adriano entrou em depressão após a morte do pai, em 2004. Após um início de carreira brilhante, caiu de rendimento e retornou ao futebol brasileiro. Teve momentos esporádicos de bom desempenho, mas jamais repetiu suas atuações excepcionais.

Em texto publicado em maio deste ano no site The Players' Tribune, Adriano disse que seu amor pelo futebol nunca mais foi o mesmo após a perda do pai. Contou que começou a beber, não queria treinar e só pensava em voltar ao Brasil.

Adriano admitiu que desistiu de milhões, mas questionou quanto vale a paz de espírito. O ex-jogador reclamou que a imprensa dizia que ele tinha sumido e estava na favela se drogando, mas insistiu que estava apenas desolado com a morte do pai.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos