Mercado abrirá em 1 h 40 min
  • BOVESPA

    110.249,73
    +1.405,98 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.828,13
    +270,48 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,58
    +1,09 (+1,55%)
     
  • OURO

    1.774,70
    -3,50 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    42.060,46
    -1.294,87 (-2,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.050,77
    -13,08 (-1,23%)
     
  • S&P500

    4.354,19
    -3,54 (-0,08%)
     
  • DOW JONES

    33.919,84
    -50,63 (-0,15%)
     
  • FTSE

    7.062,10
    +81,12 (+1,16%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.066,50
    +42,50 (+0,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1802
    +0,0011 (+0,02%)
     

Adolescentes quebram vacinas contra COVID-19 no DF

·1 minuto de leitura

Na tarde desta quinta-feira (26), dois adolescentes de 16 e 17 anos quebraram várias doses de vacinas contra COVID-19 em Planaltina, no Distrito Federal. Testemunhas contaram que os jovens queriam se vacinar contra a doença, o que não foi possível, pois a maior parte dos planos de vacinação contemplam apenas maiores de 18 anos.

A dupla chutou caixas e jogou vacinas e insumos no chão, prejudicando pessoas que foram se vacinar no local, no Centro Olímpico de Planaltina. "Dois adolescentes ficaram irritados após pegarem fila para vacinação, e quando chegou a vez deles, não estava na idade. Causaram tumulto no posto, vindo a quebrar diversos frascos de vacina contra COVID-19. Um menor foi apreendido e conduzido à DCA", diz nota da Polícia Militar do Distrito Federal.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A biomédica responsável pela vacinação no local, Lucilene Soares, contou que eles entraram pelo portão de saída, derrubaram mesas e então os frascos. "Em cada frasco da Pfizer são seis doses. Também derrubaram do Butantan, que têm 10 doses cada. Ainda espalharam seringas pelo chão", contou a profissional.

Gustavo Rocha, secretário-chefe da Casa Civil do Distrito Federal, revelou em coletiva de imprensa que um dos menores entrou no posto de vacinação armado e que o acontecido virou caso de polícia. O vandalismo resultou na quebra de 24 doses da Pfizer, 10 doses da Coronavac, seringas e insumos, e quatro frascos foram perdidos. A imunização continuará normalmente nesta sexta-feira (27).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos