Mercado fechado
  • BOVESPA

    99.605,54
    -1.411,42 (-1,40%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.001,31
    -244,55 (-0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    38,84
    -0,73 (-1,84%)
     
  • OURO

    1.908,40
    -3,50 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    13.729,10
    +33,80 (+0,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    272,15
    +10,86 (+4,16%)
     
  • S&P500

    3.390,68
    -10,29 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    27.463,19
    -222,19 (-0,80%)
     
  • FTSE

    5.728,99
    -63,02 (-1,09%)
     
  • HANG SENG

    24.715,73
    -71,46 (-0,29%)
     
  • NIKKEI

    23.407,49
    -78,31 (-0,33%)
     
  • NASDAQ

    11.538,50
    -49,50 (-0,43%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6828
    -0,0404 (-0,60%)
     

Adolescente desaparecido é achado enterrado em quintal

Colaboradores Yahoo Notícias
·2 minutos de leitura

O desaparecimento de Iury Júnior Pereira Silva, garoto de 14 anos, que mobilizou a web, teve um desfecho trágico. O adolescente foi encontrado morto no quintal de uma casa após ficar sumido durante três dias em São Vicente, no litoral de São Paulo.

Segundo o portal G1, uma equipe da Polícia Militar foi acionada por volta das 16h50 de sábado (26) para uma ocorrência de encontro de cadáver. Oficiais apuraram que seria do garoto de 14 anos desaparecido desde a última quarta.

A Polícia Civil tenta identificar o autor do crime. Nos últimos dias, familiares haviam iniciado uma campanha nas redes sociais para tentar encontrar o paradeiro do garoto.

Leia também:

A mãe de Iury registrou boletim de ocorrência de desaparecimento e alegou que o adolescente sumiu após ter saído para andar de bicicleta. Ela disse que o filho não tinha envolvimento com drogas, não fazia uso de remédio controlado nem costumava passar a noite fora de casa.

Em entrevista ao portal G1, a mãe contou que desde a última quarta não consegue se alimentar, e pede que os responsáveis pela morte do filho sejam identificados.

“Quero que a polícia ache quem fez isso com meu filho. Ele era uma criança, inteligente, nunca repetiu de ano. Na terça falou que entrou no concurso para ganhar bolsa para treinar e entrar para a polícia. Eu fiquei muito feliz, pensando no futuro dele”, desabafou.

A Polícia Militar informou que o local foi preservado para o trabalho da polícia científica na coleta de provas, e a ocorrência foi encaminhada para a Delegacia Sede de São Vicente, que investigará o caso.