Mercado abrirá em 1 h 44 min
  • BOVESPA

    110.611,58
    -4.590,65 (-3,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.075,41
    +732,87 (+1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,73
    +0,68 (+1,05%)
     
  • OURO

    1.700,10
    +22,10 (+1,32%)
     
  • BTC-USD

    54.193,99
    +4.229,34 (+8,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.094,49
    +70,28 (+6,86%)
     
  • S&P500

    3.821,35
    -20,59 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    31.802,44
    +306,14 (+0,97%)
     
  • FTSE

    6.754,41
    +35,28 (+0,53%)
     
  • HANG SENG

    28.773,23
    +232,40 (+0,81%)
     
  • NIKKEI

    29.027,94
    +284,69 (+0,99%)
     
  • NASDAQ

    12.564,75
    +267,50 (+2,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,9947
    +0,0349 (+0,50%)
     

Adolescente de 12 anos passa por cirurgia após engolir 54 imãs para fazer “experimento”

·2 minuto de leitura
Silver spheres gravitated towards a red magnet on blue background. Horizontal composition with copy space. Digital marketing concept.
Foto: Getty Images

Rhiley Morrison, de 12 anos, teve de passar por uma cirurgia de urgência após engolir 54 imãs. A ideia do menino, que vive em Prestwich, na Inglaterra, era fazer um “experimento” e verificar se as bolas magnéticas fariam objetos de metal se juntarem à barriga.

O menino contava com o fato de que os imãs seriam evacuados. No entanto, quatro dias após ingeri-los e não perceber que eles saíram do corpo, Rhiley decidiu contar para a mãe o que tinha feito. Paige Ward relatou ao Daily Mail que ele disse ter engolido dois imãs por acidente.

Ela levou o filho ao hospital e, no exame de raio-x, os médicos verificaram que, na realidade, o menino havia engolido mais imãs, que estavam no estômago dele.

Os médicos temiam que os imãs pudessem queimar órgãos vitais do adolescente, o que causaria um dano interno fatal. Para evitar problemas mais graves, Rhiley foi levado para uma cirurgia de emergência, que durou seis horas.

Leia também:

Pela imagem, eles constataram que seriam de 25 a 30. Ao fim da cirurgia, foram retirados 54 imãs. Após 16 dias internado, Rhiley está se recuperando em casa. A mãe relata que foi difícil entender porqueque o filho tinha engolido um número tão grande de imãs.

“Ele é muito interessado em ciências, ama fazer experimentos, em um momento ele admitiu ‘eu tentei colar os imãs em mim, para ver se objetos de metal ficariam grudados na minha barriga enquanto os imãs estivessem lá’”, contou em entrevista ao Daily Mail. “É muito bobo, mas ele é criança e é isso que crianças fazem. Ele também achou que seria engraçado ver os imãs saindo pela outra ponta.”

Rhiley está dentro do espectro autista e também foi diagnosticado com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade. Após a cirurgia, ele ficou dez dias sem conseguir se mexer sem vomitar.

A mãe descreve que o período no hospital foi horrível, especialmente pelas limitações causadas pela pandemia do novo coronavírus. “Foi horrível ver ele sem conseguir sentar e tão nauseado toda vez que se movia”, disse.

A outros pais, Paige fez um alerta: imãs não são brinquedos. “Minha mensagem a outros pais é para apenas jogarem imãs no lixo, e nem mesmo compra-lo em primeiro lugar.”