Mercado fechado

Adolescente de 15 anos cria empresa após ganhar US$ 100 mil com bitcoin

How a Teenage Entrepreneur Built a Startup on Bitcoin Riches

SÃO PAULO - Em 2012, o americano Erik Finman recebeu US$ 1.000 de sua avó. Diferente da maioria dos adolescentes de 14 anos, Finman investiu o dinheiro em bitcoin, moeda digital mal conhecida para a época. Um ano e meio depois, ele trocou seus bitcoins por dólares e recebeu US$ 100.000. O dinheiro foi usado para lançar sua startup Botangle.com, um serviço on-line de educação que une tutores e estudantes.

Com apenas 15 anos, Erik comanda uma equipe com mais de 20 funcionários (incluindo programadores, designers e animadores) e atraiu mais de 100 usuários ativos para o site.

“Algumas pessoas não conseguem compreender como um garoto de 15 anos poderia fazer algo assim”, disse Finman ao site Mashable. “O que muita gente não entende é que, jovem ou velho, você pode criar o que quiser sem barreiras de entrada na internet.”

O site Botangle foi lançado em maio deste ano e permite que usuários aprendam sobre vários assuntos, desde programação, aulas de dança a novos idiomas em vídeos e chats. Segundo o jovem, a ideia surgiu depois de desejar ter mais aulas que as da grade de sua escola, em Idaho, Estados Unidos.

“Eu usei as facilidades da internet para pessoas como eu poderem ter acesso a uma grande experiência de aprendizado seja de Idaho, Nova York ou até mesmo na África”, disse.