Mercado abrirá em 5 h 37 min
  • BOVESPA

    119.646,40
    -989,99 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.125,71
    -369,70 (-0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,28
    +0,04 (+0,08%)
     
  • OURO

    1.874,20
    +7,70 (+0,41%)
     
  • BTC-USD

    34.649,81
    -12,80 (-0,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    686,10
    +6,20 (+0,91%)
     
  • S&P500

    3.851,85
    +52,94 (+1,39%)
     
  • DOW JONES

    31.188,38
    +257,86 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.740,39
    +27,44 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    29.968,56
    +6,09 (+0,02%)
     
  • NIKKEI

    28.756,86
    +233,60 (+0,82%)
     
  • NASDAQ

    13.376,50
    +82,25 (+0,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4177
    +0,0097 (+0,15%)
     

ADM fecha 2020 com aumento de 7% na originação de grãos do Brasil

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A multinacional ADM, empresa de commodities agrícolas e de nutrição humana e animal, informou nesta terça-feira que registrou o terceiro recorde anual consecutivo na originação de grãos do Brasil, com um aumento de 7% em 2020 na comparação com 2019.

O volume total de soja e milho originado pela empresa superou a alta registrada na movimentação em 2019, quando a ADM havia elevado a originação em 3% ante o ano anterior, segundo a trading.

"O bom desempenho se deu, principalmente, em decorrência do aumento do volume de soja que cresceu 14%...", disse a companhia em nota.

Segundo Luciano Botelho, presidente de oleaginosas da ADM para América Latina, "um aspecto que beneficiou a comercialização da safra 2020 foi o fato de que ela já estava colhida quando a pandemia de Covid-19 começou, o que permitiu que seu impacto na oferta de grãos no país fosse menor".

Além disso, afirmou ele, a "incorporação das atividades da Algar Agro, ocorrida em 2018, também contribuiu para o aumento do volume na originação, e nos permitiu alcançar mais um recorde".

As projeções para 2021 da ADM também são otimistas, mantidas as previsões de nova safra recorde do Brasil, o maior produtor e exportador global de soja. "Os volumes de originação da ADM devem seguir crescendo também", comentou a companhia, que não detalhou o volume originado em 2020.

(Por Roberto Samora)