Mercado abrirá em 5 h 16 min
  • BOVESPA

    111.289,18
    +1.085,18 (+0,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.037,05
    -67,35 (-0,13%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,68
    -0,67 (-0,77%)
     
  • OURO

    1.811,20
    -18,50 (-1,01%)
     
  • BTC-USD

    36.081,77
    -1.358,27 (-3,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    821,10
    -34,71 (-4,06%)
     
  • S&P500

    4.349,93
    -6,52 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.168,09
    -129,61 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.469,78
    +98,32 (+1,33%)
     
  • HANG SENG

    23.634,65
    -655,25 (-2,70%)
     
  • NIKKEI

    26.170,30
    -841,03 (-3,11%)
     
  • NASDAQ

    13.915,00
    -243,50 (-1,72%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0937
    -0,0127 (-0,21%)
     

Adidas lucra mais de R$ 125 milhões com venda de NFTs do seu metaverso

·2 min de leitura

A Adidas conseguiu arrecadar mais de US$ 22 milhões (cerca de R$ 125 milhões) com a venda dos seus tokens não fungíveis (NFTs) e a entrada no metaverso. Cada NFT foi comercializada por 0,2 ETH, o que dá cerca de US$ 769 (R$ 4,3 mil), e as compras foram esgotadas em poucos minutos. Dos 30 mil tokens disponibilizados, 29.620 foram vendidos e os parceiros mantiveram 380 peças para eventos futuros.

O comércio foi marcado por alguns problemas técnicos, provavelmente relacionados à falta de afinidade da companhia com o mercado. Após a cunhagem dos 20 mil NFTs iniciais, proprietários do Mutant Ape Yacht Club reclamaram da impossibilidade de criar novas peças. Essas peças iniciais foram ofertadas de modo antecipado para os proprietários de tokens Adidas Originals, GMoney, Bored Ape Yacht Club, Mutant Ape Yacht Club e Pixel Vault para adicionar exclusividade às vendas.

Muita gente reclamou de ter pagado o valor e descontada a taxa do gás, mas não terem recebido o token adquirido. A Adidas, via Twitter, disse estar ciente das falhas e prometeu reembolsar todos que não receberam seus NFTs.

Os proprietários do tokens da Adidas terão acesso a produtos físicos especiais, como casacos e acessórios personalizados, mas que só devem ser lançados no ano que vem. Essas pessoas também poderão testar de forma antecipada o metaverso da companhia com seus NFTs adquiridos.

Não está claro se a companhia fará novas rodadas de ativos digitais no futuro, mas é bem provável que novas coleções sejam lançadas. Por enquanto, o foco deve ser na solução das falhas para manter a confiança dos investidores em alta.

Entrada no metaverso

No mês passado, a Adidas anunciou sua entrada no metaverso com um video de três personagens vestidos com roupas da empresa. De lá para cá, novas parcerias foram firmadas e abriram caminho para collabs interessantes para o futuro digital da marca. A empresa já havia demonstrado interesse em participar do game The Sandbox, mas ainda não houve nenhuma movimentação mais sólida neste sentido.

A Nike, principal concorrente da Adidas, também já anunciou que pretende desbravar o metaverso e os NFTs com produtos digitais exclusivos. Ainda não foram anunciados leilões de moeda nem comércio de tokens, mas os fãs podem esperar pelos itens digitais em breve.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos