Mercado abrirá em 7 h 14 min
  • BOVESPA

    122.964,01
    +1.054,98 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.655,29
    -211,86 (-0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,43
    +0,15 (+0,23%)
     
  • OURO

    1.830,30
    -5,80 (-0,32%)
     
  • BTC-USD

    57.394,42
    +2.582,84 (+4,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.555,76
    +1.313,08 (+541,08%)
     
  • S&P500

    4.152,10
    -36,33 (-0,87%)
     
  • DOW JONES

    34.269,16
    -473,66 (-1,36%)
     
  • FTSE

    6.947,99
    -175,69 (-2,47%)
     
  • HANG SENG

    28.073,07
    +59,26 (+0,21%)
     
  • NIKKEI

    28.194,32
    -414,27 (-1,45%)
     
  • NASDAQ

    13.282,25
    -63,75 (-0,48%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3332
    -0,0122 (-0,19%)
     

Adesão ao programa Brasil na Escola começa nesta segunda

Agência Brasil
·1 minuto de leitura

Começa hoje (12) o prazo de adesão ao Programa Brasil na Escola. Segundo o Ministério da Educação (MEC), a iniciativa tem por objetivo induzir e fomentar estratégias e inovações para assegurar a permanência, as aprendizagens e a progressão escolar com equidade e na idade adequada dos estudantes matriculados nos anos finais do ensino fundamental. Implementado pela Secretaria da Educação Básica (SEB), o programa foi estruturado em três eixos: apoio técnico e financeiro às escolas, valorização de boas práticas e inovação.

Para participar, os secretários e dirigentes da educação deverão fazer a adesão ao programa de hoje até o dia a 28 de maio deste ano. A adesão deve ser realizada pelo Simec, no módulo PAR 4. No momento da adesão, os dirigentes deverão assinar o termo, escolher as escolas entre as elegíveis que poderão participar do Eixo Apoio Técnico e Financeiro e indicar os coordenadores que serão os pontos focais da SEB na Secretaria de Educação.

“É importante ressaltar que, mesmo que não haja escolas elegíveis vinculadas ao ente federado, a adesão deve ser feita, a fim de garantir a participação futura nos eixos valorização de boas práticas e inovação”, destacou o MEC em nota.

Ouça na Radioagência Nacional

Ouça essa e outras matérias na Radioagência Nacional