Mercado fechará em 3 h 32 min
  • BOVESPA

    117.578,23
    +380,41 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.222,28
    +376,45 (+0,82%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,20
    +0,44 (+0,50%)
     
  • OURO

    1.717,40
    -3,40 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    20.062,06
    -52,96 (-0,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    456,62
    -6,50 (-1,40%)
     
  • S&P500

    3.763,13
    -20,15 (-0,53%)
     
  • DOW JONES

    30.100,18
    -173,69 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.997,27
    -55,35 (-0,78%)
     
  • HANG SENG

    18.012,15
    -75,82 (-0,42%)
     
  • NIKKEI

    27.311,30
    +190,80 (+0,70%)
     
  • NASDAQ

    11.575,25
    -48,50 (-0,42%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0945
    -0,0417 (-0,81%)
     

Adaptação de Horizon Zero Dawn na Netflix ganha diretor

A adaptação de Horizon Zero Dawn pela Netflix finalmente ganhou novidades. O streaming confirmou que o showrunner da série Umbrella Academy, Steve Blackman, vai ser o responsável por levar o clássico do PlayStation para o live action — e ele antecipou um pouco daquilo que os fãs podem esperar do seriado.

Sem entregar uma expectativa de estreia e tampouco os nomes já confirmados na adaptação, Blackman confirmou que Aloy será a protagonista do seriado e que a ideia é se manter bastante fiel ao que os jogos já apresentaram. Segundo ele, a Guerrilla Games já criou um mundo tão “exuberante e vivo” e que, por essa razão, não há como seguir por um caminho diferente.

Horizon Zero Dawn é um jogo excepcionalmente bem estruturado com personagens maravilhosos como pouco são vistos nos games”, explica. “Então, sim, Aloy será um personagem central em nossa história”.

Diretor confirmou que Aloy será uma das personagens principais da adaptação (Imagem: Divulgação/Guerrilla Games)
Diretor confirmou que Aloy será uma das personagens principais da adaptação (Imagem: Divulgação/Guerrilla Games)

Ainda assim, Blackman destaca que a ideia da adaptação não é apenas levar a história e o universo que os fãs já conhecem dos jogos para outra mídia. Segundo o showrunner, o objetivo é expandir a franquia para uma série voltada para todo tipo de público — o que deve implicar em algumas mudanças e a criação de histórias originais.

A boa notícia é que, apesar dessas possíveis alterações, o foco em Aloy e na importância da personagem é algo que deve ser mantido. Na entrevista concedida à própria Netflix, ele explicou que seu interesse na hora de contar histórias está justamente em personagens com esse histórico mais marginal. “Eu orbito em torno dessas figuras com as quais a gente possa se relacionar, mas que existem quase à margem de tudo. São os excluídos que lutam para encontrar um lugar em um mundo de conformidade”, descreve o autor.

E esse é justamente o ponto de partida de Aloy em Horizon Zero Dawn. Ela começa o game como uma jovem excluída de sua tribo por ser diferente e que, mesmo assim, luta para descobrir quem realmente é, ao mesmo tempo, em que tenta salvar esse mundo que a odeia.

Blackman confirmou também que ele está trabalhando nos roteiros da adaptação ao lado de Michelle Lovretta, com quem ele já trabalhou em Umbrella Academy.

E apesar de a Netflix não ter comentado nada sobre o elenco da adaptação e muito menos uma data de estreia, pode ser que tenhamos algumas novidades a caminho. A empresa realiza no próximo mês de setembro do Tudum, um evento dedicado às suas estreias e que também deve contar com alguns anúncios. Assim, não seria surpresa vermos mais notícias de Horizon sendo reveladas já nas próximas semanas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: