Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.235,76
    +1.584,71 (+1,46%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.808,21
    +566,41 (+1,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,64
    -0,29 (-0,32%)
     
  • OURO

    1.801,60
    -12,10 (-0,67%)
     
  • BTC-USD

    24.343,58
    +1.452,31 (+6,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,79
    +43,57 (+8,20%)
     
  • S&P500

    4.210,24
    +87,77 (+2,13%)
     
  • DOW JONES

    33.309,51
    +535,11 (+1,63%)
     
  • FTSE

    7.507,11
    +18,96 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    19.848,36
    +237,52 (+1,21%)
     
  • NIKKEI

    27.819,33
    -180,63 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    13.438,25
    +46,25 (+0,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2479
    +0,0015 (+0,03%)
     

Activision Blizzard perdeu milhões de jogadores nos últimos meses

A Activision Blizzard, empresa responsável por jogos como Call of Duty, World of Warcraft e Overwatch, perdeu milhões de jogadores nos últimos meses. É a primeira vez que a companhia registra uma queda assim em quase três anos.

A informação surgiu de um comunicado à imprensa, o qual apresentou os ganhos da Activision Blizzard no segundo trimestre do ano fiscal de 2022 (1º de abril a 30 de junho). Foram registrados 361 milhões de usuários ativos neste trimestre, contra 408 milhões no mesmo período do ano passado.

Apesar do número gigantesco de jogadores, o trimestre não foi bom para a Activision Blizzard (Foto: Divulgação/Activision Blizzard)
Apesar do número gigantesco de jogadores, o trimestre não foi bom para a Activision Blizzard (Foto: Divulgação/Activision Blizzard)

No entanto, a empresa espera que esse número aumente no quarto trimestre deste ano, graças aos próximos lançamentos de Call of Duty. Por exemplo, Modern Warfare 2 chega em 28 de outubro, e um novo Warzone também está programado para este ano.

Confira trechos do comunicado:

“O quarto trimestre dará início a uma nova era para a franquia Call of Duty. A expectativa é alta para Call of Duty: Modern Warfare 2, planejado para lançamento no console e PC em 28 de outubro. [...]

A sequência de Modern Warfare de 2019, o nosso maior sucesso até hoje, vai liderar o lançamento mais ambicioso de toda a franquia. Uma experiência totalmente nova de Call of Duty: Warzone 2.0, totalmente integrada ao jogo premium, será lançada como uma extensão do universo Modern Warfare ainda este ano.”

Apesar de não serem citados no texto, os escândalos de assédio sexual e moral também podem ter influenciado na queda de jogadores. A empresa enfrenta denúncias, processos judiciais e troca de lideranças desde o ano passado, quando foi processada pelo estado da Califórnia, nos Estados Unidos. Também há uma forte pressão para renúncia do presidente, Bobby Kotick. Funcionários, ex-funcionários e jogadores também têm protestado contra a Activision Blizzard.

Call of Duty: Modern Warfare II está marcado para chegar em 28 de outubro no PC, Xbox One, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox Series X e Xbox Series S apenas em formato digital.

O game deve apresentar caras conhecidas da franquia, como os agentes Ghost, Price, Soap e Gaz, e trazer avanços gráficos, melhorias na inteligência artificial e o retorno das Operações Especiais. Na história, o time se envolve em conflitos com grupos terroristas e também com a guerra contra as drogas, que, unidas, levam a uma ameaça internacional.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos