Mercado abrirá em 5 h 20 min
  • BOVESPA

    121.241,63
    +892,84 (+0,74%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.458,02
    +565,74 (+1,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,23
    -0,13 (-0,25%)
     
  • OURO

    1.838,60
    +8,70 (+0,48%)
     
  • BTC-USD

    36.670,27
    +228,54 (+0,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    721,03
    -14,12 (-1,92%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,24 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.720,65
    -15,06 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    29.511,80
    +649,03 (+2,25%)
     
  • NIKKEI

    28.633,46
    +391,25 (+1,39%)
     
  • NASDAQ

    12.920,75
    +118,50 (+0,93%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4045
    +0,0092 (+0,14%)
     

Acordo de investimentos UE-China deve ser alcançado nesta semana, diz autoridade da UE

·1 minuto de leitura
Bandeiras da UE e da China

BRUXELAS (Reuters) - A China e a União Europeia (UE) devem fechar um acordo de investimento nesta semana que dará às empresas do bloco um acesso muito melhor ao mercado chinês e proteção para seus ativos no país asiático, disse uma autoridade sênior da UE nesta segunda-feira.

As negociações sobre o acordo começaram em 2014, mas ficaram paralisadas por anos, já que a UE se queixava de que a China não cumpria promessas de retirar restrições aos investimentos do bloco, apesar da promessa de abertura da segunda maior economia do mundo.

Mas as tensões nas relações comerciais entre os Estados Unidos e a China podem ter ajudado a mudar a posição chinesa e no alcance de um acordo entre Pequim e Bruxelas, disse a autoridade.

"O acordo já pode ser fechado nesta semana", disse ela, acrescentando que o pacto, que poderia ser fechado durante uma videoconferência na quarta-feira, será traduzido para textos legais ao longo de vários meses.

"Conseguiremos um acesso muito melhor ao mercado e a proteção de nossos investimentos na China. Um melhor acesso ao mercado é algo por que trabalhamos há muitos anos e os chineses deram um grande passo em nossa direção", disse o funcionário.

(Por Jan Strupczewski)