Mercado fechado

Acordo entre francesa CNP Assurances e Caixa vai acabar em 2021

(Arquivo) O CEO da CNP Assurances, Frederic Lavenir, em Paris, em 17 de fevereiro de 2016

A seguradora francesa CNP Assurances anunciou nesta sexta-feira que seu acordo de distribuição com a Caixa Econômica Federal vai terminar em 2021, já que o banco brasileiro não quis prorrogá-lo.

A Caixa Seguridade "notificou a CNP Assurances de sua decisão de não renovar por prorrogação, após seu vencimento, o acordo de distribuição existente no Brasil dos produtos de sua filial comum, a Caixa Seguros, pela rede da Caixa Econômica Federal", declarou a empresa francesa em um comunicado.

A CNP Assurances tinha anunciado em junho a interrupção das negociações com seu sócio brasileiro, sem dar maiores explicações.

Contudo, nesta sexta, a companhia garantiu que as condições vão se manter sem mudanças até o fim do programa, em 14 de fevereiro de 2021.

Essa ruptura vai tirar a CNP Assurances do seu segundo maior mercado, atrás apenas da França. O bom desempenho no Brasil permitiu ao grupo limitar a queda do volume de negócios no primeiro semestre do ano.

Nesse período, as vendas da CNP Assurances no Brasil representaram 2,5 bilhões de euros, para um volume de negócios total de 16,4 bilhões.