Mercado abrirá em 4 h 52 min
  • BOVESPA

    122.515,74
    +714,95 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.869,48
    +1,16 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,35
    +0,09 (+0,13%)
     
  • OURO

    1.812,20
    -10,00 (-0,55%)
     
  • BTC-USD

    38.524,41
    -1.521,02 (-3,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    935,90
    -24,99 (-2,60%)
     
  • S&P500

    4.387,16
    -8,10 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.838,16
    -97,31 (-0,28%)
     
  • FTSE

    7.110,54
    +28,82 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    26.116,47
    -119,33 (-0,45%)
     
  • NIKKEI

    27.641,83
    -139,19 (-0,50%)
     
  • NASDAQ

    14.984,00
    +31,25 (+0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1192
    -0,0249 (-0,41%)
     

Acordo entre Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos será catalisador de alta para petróleo, diz Goldman

·1 minuto de leitura

(Reuters) - O Goldman Sachs espera que um acordo sobre oferta de petróleo entre Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos seja um catalisador de alta para os preços dos próximos meses, com o banco de investimentos dos EUA mantendo a previsão de preço do Brent para o verão (do Hemisfério Norte) em 80 dólares o barril.

Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos chegaram a um compromisso sobre a política da Opep+, afirmou uma fonte da Opep+ à Reuters na quarta-feira, em um movimento que deve abrir um acordo para fornecer mais petróleo para um mercado apertado.

"Tal acordo ajudaria a diminuir a (modesta) divisão entre os dois países e a eliminar os riscos (baixa probabilidade) da Opep+ de uma potencial guerra de preços ou crescimento insuficiente da produção", disse o banco em nota na quarta-feira.

Goldman estima um risco de alta de 2 a 4 dólares por barril para sua previsão de verão de 80 dólares por barril e 75 dólares por barril para sua expectativa de preço do Brent para 2022.

O banco também observou que a falta de um acordo nuclear com o Irã aumentaria sua estimativa de preço para 2022 em 10 dólares por barril.

O Irã e as potências globais estão negociando desde abril para suspender as sanções contra Teerã, que afetaram duramente sua economia ao cortar suas exportações vitais de petróleo.

(Reportagem de Brijesh Patel em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos