Mercado fechará em 3 h 34 min
  • BOVESPA

    118.431,65
    -1.214,75 (-1,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.237,01
    +111,30 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,03
    -0,28 (-0,53%)
     
  • OURO

    1.865,40
    -1,10 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    31.730,94
    -1.771,16 (-5,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    632,72
    -47,18 (-6,94%)
     
  • S&P500

    3.858,10
    +6,25 (+0,16%)
     
  • DOW JONES

    31.248,07
    +59,69 (+0,19%)
     
  • FTSE

    6.721,02
    -19,37 (-0,29%)
     
  • HANG SENG

    29.927,76
    -34,71 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    28.756,86
    +233,60 (+0,82%)
     
  • NASDAQ

    13.369,50
    +75,25 (+0,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5275
    +0,1195 (+1,86%)
     

Após causar acidente com morte de sargento, surfista embriagado riu durante exame de perícia

·2 minuto de leitura
Polícia diz que atleta riu durante exame após acidente com vítima fatal - Foto: Reprodução
Polícia diz que atleta riu durante exame após acidente com vítima fatal - Foto: Reprodução

Felipe Cesarano, conhecido como “Gordo", foi preso em flagrante após a polícia confirmar que ele dirigia embriagado quando bateu de frente com o carro de um sargento da Marinha, que morreu na hora. O esportista vai responder por homicídio culposo. As informações são do G1.

O perito responsável pelo exame realizado por Felipe Cesarano afirmou que o atleta sorria e falava de forma confusa durante o procedimento.

Leia também

A postura do atleta prosseguiu mesmo depois que o exame indicou que ele estava embriago durante o acidente de trânsito, ocorrido nesta quarta-feira (16).

Polícia diz que atleta riu durante exame após acidente com vítima fatal - Foto: Reprodução/TV Globo
Polícia diz que atleta riu durante exame após acidente com vítima fatal - Foto: Reprodução/TV Globo

“Indagado refere que estava em uma boate por volta de 5h e que agora seriam sete horas e está no IML [Instituto médico legal], mas não sabe pra que. Ri durante o exame, fala de forma repetitiva, confusa, refere que teria tomado só cerveja. Não consegue realizar as manobras do exame neurológico de forma adequada (andar pé ante pé, fazer o quatro, dedo/nariz)”, diz o laudo publicado pelo G1.

O atleta dirigia seu carro no sentido da Zona Sul quando provocou o acidente. De acordo com testemunhas, ele perdeu o controle do veículo, atravessou o canteiro central e colidiu de frente com carro de um sargento da Marinha que andava corretamente na sua via.

O surfista sobrou ferimentos leves e recebeu atendimento do Corpo de Bombeiros ainda na pista. Ele acabou preso em flagrante e vai responder por homicídio culposo de trânsito, de acordo com o G1.

Felipe está agora no presídio de Bangu. A investigação será concluída pela 15ª Delegacia de Polícia.

Conhecido como especialista em ondas gigantes, o atleta é um dos nomes famosos da modalidade. Ele inclusive chegou a concorrer ao “Oscar de ondas gigantes” do esporte.