Mercado fechará em 6 h 23 min

Acer Swift 5 será um dos primeiros laptops com processadores Intel Tiger Lake

Sérgio Oliveira

Nem a Intel está mais fazendo questão de esconder os processadores Tiger Lake de 11ª geração, então porque a Acer o faria, certo? A fabricante taiwanesa apresentou nesta terça-feira (23), em conferência online com a imprensa, o novo Swift 5, que deve ser um dos primeiros notebooks a adotar a nova plataforma.

O grande auê por trás disso tudo é que os Tiger Lake devem ser os primeiros componentes da Intel fabricados sob o processo de arquitetura atualizado de 10nm, oferecendo um incremento substancial no poder de processamento enquanto reduz o consumo de energia.

Leia também:

Para ter uma ideia do que isso significa na prática, a fabricante de semicondutores confirmou que o chip gráfico integrado Xe entregará o dobro de desempenho em relação aos modelos atuais. Para provar isso, recentemente ela também demonstrou Battlefield 5 rodando suave, sem engasgos e sem o auxílio de qualquer placa externa.

Um efeito colateral disso é a redução no calor gerado pelo processador. Sem esse fator, as companhias podem trabalhar equipamentos mais finos e leves, já que não há necessidade de tanto espaço interno para o ar circular. Prova disso é que o Swift 5 tem apenas 14,95 mm de espessura e pesa menos de 1 kg, muito graças à estrutura feita com liga de magnésio-lítio e magnésio-alumínio.

Por si, a opção por esse tipo de material já passa um certo requinte e robustez ao Swift 5. Para consolidar essa percepção, a Acer vai oferecer o notebook em duas cores que dificilmente vemos no mercado: Safari Dourado e Verde-Orvalho. Os tons são aplicados a todos os aspectos do aparelho, incluindo as teclas do teclado, e passam uma gostosa sensação de minimalismo e uniformidade.

Swift 5 chegará em duas ofertas de cores pouco usuais: Safari Dourado e Verde-Orvalho. Em conjunto com construção metálica, elas passam ar de requinte e resistência ao equipamento (Imagem: Divulgação/Acer)

Mas não adianta se enganar: o Swift é uma besta travestida em um corpo esbelto. Além dos novos processadores Intel Tiger Lake e dos novos chips gráficos integrados Intel Xe, o notebook da Acer ainda oferecerá ao usuário a possibilidade de configurá-lo com uma Nvidia MX350, para quem quiser um pouco mais de poder de fogo nesse departamento. O consumidor também poderá optar por até 16 GB de memória RAM e armazenamento SSD M.2 PCIe de até 1 TB.

Independentemente de versão, de fábrica o Swift 5 virá equipado com tela IPS Full HD de 14 polegadas que ocupa 90% da tampa, proteção Corning Gorilla Glass Antimicrobiano, bateria de 56 Wh que, segundo a Acer, "dura o dia inteiro", compatibilidade com carregamento rápido (30 minutos dão 4 horas de autonomia), portas USB-C, Thunderbolt e USB 3.2 Gen 2, além de conectividade Wi-Fi 6 dual-band e Bluetooth 5.0. Para os preocupados com segurança, o Swift 5 virá com leitor de impressão digital integrado e compatibilidade com o Windows Hello.

Novo notebook da Acer também terá leitor de impressões digitais compatível com Windows Hello (Imagem: Divulgação/Acer)

Para quem acompanha o mercado de notebooks sabe que não são as especificações mais incríveis que existem por aí, mas é interessante ver não apenas como a Acer está posicionado a linha Swift, como também ver como será um dos primeiros notebooks com Intel Tiger Lake do mercado.

A Acer afirmou que o notebook chegará ao mercado norte-americano em outubro de 2020 por a partir de US$ 999 — não há nenhuma previsão de lançamento nem preço para o Brasil. Isso, então nos dá pistas de que os novos processadores da Intel serão anunciados em algum momento entre setembro e outubro. Vamos aguardar.

Fonte: Canaltech