Abimaq quer rapidez em diretrizes da política industrial

A Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), entidades e empresas do Comitê de Bens de Capital do Plano Brasil Maior iniciaram uma ofensiva junto ao governo federal para tornar oficial a proposta com as diretrizes para a política industrial no País. A última versão do documento foi apresentada pelo setor privado há dez dias ao ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Fernando Pimentel, e encaminhado ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que coordena o comitê setorial.

A proposta tenta pôr fim a uma polêmica, iniciada no ano passado, entre representantes do governo e do setor privado, durante as discussões para a organização das diretrizes. Após as primeiras reuniões, entre abril e junho de 2012, o comitê elaborou um documento de consenso, entregue ao governo em julho. "O governo apresentou uma nova proposta em dezembro para o setor privado que, no nosso entendimento, deixava a desejar, pois coisas importantes sumiram e outras não importantes apareceram", disse o diretor de Competitividade da Abimaq, Mario Bernardini.

Segundo ele, entre as propostas excluídas para o setor estava, por exemplo, a que encabeça a lista da indústria: aumentar o consumo de bens de capital, com redução simultânea do coeficiente de importação. Após a reclamação do setor privado, o governo mandou uma nova versão do texto, no dia 7 de janeiro, "que alterava muito pouco a original", disse o diretor da Abimaq.

Diante disso, o setor encaminhou essa nova versão e, segundo Bernardini, obteve uma sinal positivo. "Houve uma sinalização positiva. Agora esperamos que formalmente esse documento seja encaminhado como o oficial para uma política setorial da indústria de bens de capital", declarou Bernardini.

Além do aumento do consumo de bens de capital e as restrições às importações, o documento prevê medidas de incentivo ao aumento das exportações, e ao fortalecimento com ganhos de competitividade das indústrias locais.

cotações recentes

 
Cotações recentes
Símbolo Preço Variação % Var 
Seus tickers vistos mais recentemente aparecerão aqui automaticamente se você digitou um ticker no campo "Inserir símbolo/empresa" na parte inferior deste módulo.
É necessário permitir os cookies do seu navegador para ver as cotações mais recentes.
 
Entre para ver as cotações nos seus portfólios.

Resumo do Mercado

  • Moedas
    Moedas
    NomePreçoVariação% Variação
    3,2294-0,0003-0,01%
    USDBRL=X
    3,6437-0,0005-0,01%
    EURBRL=X
    0,8857-0,0002-0,02%
    USDEUR=X
  • Commodities
    Commodities
    NomePreçoVariação% Variação

Destaques do Mercado

  • Líderes em Volume
    Líderes em Volume
    NomePreçoVariação% Variação
    12,53+0,13+1,05%
    PETR4.SA
    3,62+0,01+0,28%
    GOAU4.SA
    3,36-0,07-2,04%
    USIM5.SA
    15,41+0,11+0,72%
    VALE5.SA
    9,13+0,02+0,22%
    GGBR4.SA
  • Altas %
    Altas %
    NomePreçoVariação% Variação
    8,50+1,24+17,08%
    ENMT3.SA
    1.255,00+146,99+13,27%
    ESUD11.SA
    2,80+0,29+11,67%
    TCSA3.SA
    50,00+5,00+11,11%
    GEPA4.SA
    2,41+0,24+11,06%
    MWET4.SA
  • Baixas %
    Baixas %
    NomePreçoVariação% Variação
    0,70-6,30-90,00%
    CTKA3.SA
    1,91-0,49-20,42%
    CELP5.SA
    3,05-0,37-10,82%
    RAPT3.SA
    1,55-0,17-9,88%
    AZEV4.SA
    1,96-0,19-8,84%
    CTSA4.SA