Abimaq apura faturamento do setor 7% maior em outubro

A indústria de máquinas e equipamentos fechou outubro com faturamento bruto real de R$ 6,511 bilhões, o que representa alta de 7,0% em relação a setembro. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). Na comparação com um ano atrás, o faturamento bruto real registrou queda de 2,7%. Segundo a entidade, no acumulado do ano até outubro, o setor faturou R$ 66,479 bilhões, equivalente a recuo de 2,3% ante igual período de 2011.

O consumo aparente de máquinas e equipamentos atingiu, no fim do mês passado, R$ 9,631 bilhões, correspondente a uma alta de 16,9% ante setembro. Frente a igual mês de 2011, houve uma alta de 6,6%. Nos dez primeiros meses do ano, o consumo aparente totalizou R$ 94,295 bilhões, uma alta de 1,9% ante o mesmo intervalo do ano anterior.

As exportações somaram US$ 1,344 bilhão em outubro, com alta de 13,6% ante setembro e avanço de 25,4% sobre um ano antes. Já as importações totalizaram US$ 2,882 bilhões no mês passado, alta de 28,5% ante setembro e de 21,5% ante o mesmo mês de 2011. No acumulado do ano até outubro, as exportações somam US$ 10,775 bilhões, enquanto as importações totalizam US$ 25,139 bilhões, com crescimento de 11,2% e 3,2%, respectivamente, ante igual período de 2011. Os dados resultaram em déficit para o setor de US$ 14,364 bilhões nos primeiros dez meses deste ano, o que representa recuo de 2,1% em relação ao mesmo período do ano passado.

Os dados da Abimaq mostram ainda que o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) do setor encerrou outubro em 71,7%, ante o dado revisado para 71,9% do mês anterior. No fim do mês passado, o setor tinha 254.506 empregados, com queda de 0,7% na força de trabalho em relação a setembro.

Carregando...