Mercado fechará em 2 h 35 min
  • BOVESPA

    109.146,41
    +1.767,48 (+1,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.611,32
    +344,12 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,11
    +2,05 (+4,76%)
     
  • OURO

    1.803,50
    -34,30 (-1,87%)
     
  • BTC-USD

    19.262,03
    +810,07 (+4,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    382,24
    +12,48 (+3,38%)
     
  • S&P500

    3.626,29
    +48,70 (+1,36%)
     
  • DOW JONES

    29.997,00
    +405,73 (+1,37%)
     
  • FTSE

    6.419,81
    +85,97 (+1,36%)
     
  • HANG SENG

    26.588,20
    +102,00 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    12.008,50
    +103,25 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4028
    -0,0375 (-0,58%)
     

Abel Ferreira assina contrato e é o novo treinador do Palmeiras

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·1 minuto de leitura


A novela do Palmeiras em busca de um treinador terminou: Abel Ferreira assinou na noite desta sexta-feira (30) e é o novo comandante do clube, com contrato até o final de 2022 e cláusula de renovação automática para 2023. A multa rescisória do técnico de 41 anos no Verdão será de € 1,5 milhão (R$ 10 milhões na cotação atual).


Ex-jogador, Abel Ferreira começou a carreira fora das quatro linhas em 2011, nas categorias de base do Sporting, onde foi promovido à equipe B e permaneceu até 2014.

Em 2015, assumiu posto no Braga B, onde ficou até 2017, ano em que ganhou a primeira chance com um elenco da elite portuguesa, com a equipe A.

Abel Ferreira
Abel Ferreira

Abel Ferreira será o treinador do Palmeiras até 2022 (Foto: Divulgação/SC Braga)


Já em 2018, Ferreira levou o Braga a uma campanha histórica, alcançando o maior número de pontos (75), gols (101) e vitórias em uma temporada (33). O bom trabalho no comando dos Arsenalistas fez com que o técnico se tornasse o terceiro treinador mais caro a ser negociado pelo futebol português, quando o PAOK pagou € 2,5 milhões (cerca de R$ 17 milhões) para contar com seus serviços.

No comando dos gregos, o português recentemente eliminou o Benfica, de Jorge Jesus, da UEFA Champions League. Na Europa, Abel não é mais visto como aposta e já faz os grandes times do continente se atentarem ao seu trabalho.