Mercado abrirá em 9 h 33 min

Abel Braga deve ser demitido em caso de eliminação para o Boca Juniors?

Maria Eduarda Panizzi
·3 minuto de leitura

Abel Braga retornou ao Internacional depois da conturbada saída de Eduardo Coudet, que deixou o clube gaúcho para treinar o Celta de Vigo, da Espanha. No comando de Abel, o Inter acumula 3 derrotas em 4 jogos, além da eliminação para o América-MG, na Copa do Brasil.

Em ano de eleições no clube, a política entrou no vestiário e desestabilizou a equipe do Internacional, que foi líder do Campeonato Brasileiro até a vigésima rodada. A atual gestão, do presidente Marcelo Medeiros, é vista, pelos torcedores colorados, como a mais perdedora da história do time gaúcho, pois, em quatro anos, não levantou nenhuma taça expressiva e não vence o Grêmio há 11 Grenais.

Internacional v Gremio - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 | Alexandre Schneider/Getty Images
Internacional v Gremio - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 | Alexandre Schneider/Getty Images

De acordo com o comentarista da RBS, Maurício Saraiva, Abel Braga foi corajoso ao assumir o Inter no caos da saída de Coudet, mas está errando escolhas muito simples e pagando caro por isso:

"Levar a virada de quem pouco chutou no gol (Fluminense) é só a pior parte do problema. Há escolhas anteriores feitas por Abel Braga que ajudam a explicar o resultado ruim. [...] Para tentar fazer o segundo gol contra o Flu, Marcos Guilherme, que não faz gol há 23 partidas, foi escolhido para entrar. [...] Aliás, hora de dar chance a Danilo Fernandes. Não dá, em alta performance, para um goleiro do nível de Lomba errar em momentos do jogo que se transformaram em pontos perdidos para o Inter. Se o goleiro erra em seis pontos perdidos, o técnico precisa agir. Agora, Libertadores contra o Boca Juniors no Beira-Rio. Com zero confiança."

2020 Brasileirao Series A: Internacional v Fluminense Play Behind Closed Doors Amidst the | Getty Images/Getty Images
2020 Brasileirao Series A: Internacional v Fluminense Play Behind Closed Doors Amidst the | Getty Images/Getty Images

É inegável que Abel assumiu o comando Colorado em um momento delicado e, isso, sem dúvidas, afeta o desempenho dos jogadores. Contudo, o treinador poderia ter dado continuidade ao trabalho de Coudet, que vinha dando resultados positivos para o Inter. Após a saída do argentino, o clube gaúcho perdeu todas as características assertivas que o treinador havia conquistado.

2020 Brasileirao Series A: Internacional v Flamengo Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus | Getty Images/Getty Images
2020 Brasileirao Series A: Internacional v Flamengo Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus | Getty Images/Getty Images

"A culpa não é do Abel, mas sim de quem o trouxe. É claro que os erros do comandante também ficam evidentes, bem como a confirmação de que se encontrava praticamente alheio à realidade do esporte. Mas isso, ainda assim, é menor do que a falta de tato para gerir um clube em crise"; disse Fabio Utz.

Em caso de eliminação contra o Boca Juniors, pelas oitavas de final da Libertadores, a demissão de Abel Braga não é a melhor saída, pois, provavelmente, nenhum treinador aceitaria assumir o comando do Colorado na atual situação. Sendo assim, a solução é ter paciência e deixar que Abel faça seu trabalho e reorganize o time do Internacional.

A saída de Cacho Coudet foi muito criticada pela torcida colorada, pois o clube era líder do Brasileirão e fazia uma boa campanha. Em 46 jogos no comando de Coudet, o Inter somava 24 vitórias
,13 empates
e 9 derrotas, com
71 gols feitos
e 37 gols sofridos
, resultando, assim, em 61,5% de aproveitamento para o Colorado.

O Internacional enfrenta o Boca nessa quarta-feira, dia 25, às 21:30 de Brasília, no Beira-Rio.