Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    61.118,28
    -108,82 (-0,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

Abel avalia Palmeiras como protagonista no Dérbi, mas alerta: ‘Futebol penaliza quem não faz gol’

·2 minuto de leitura


Abel Ferreira concedeu entrevista coletiva após a derrota do Palmeiras para o Corinthians na Neo Química Arena, pelo Brasileirão. O treinador avaliou que, apesar do revés, seu time assumiu o papel de protagonista na partida por ter criado mais chances. Em contrapartida, ressaltou a falta de eficácia nas conclusões.

Dybala perto de renovar com a Juventus, Pogba decidirá futuro em breve, Milan mira meia do Real Madrid… O Dia do Mercado

– O Palmeiras assumiu o jogo e foi protagonista, mas o que vale é o resultado. Finalizamos 16 vezes, 5 no gol. O adversário fez três e o futebol é isso. Eficácia e eficiência. E o jogo foi decidido por um lance individual – apontou.

Na sequência, ele elencou as oportunidades de gol do Verdão logo antes do lance que deu a vitória ao rival. Roger Guedes marcou na reta final da partida em seguida a chegas perigosas do ataque alviverde.

Veja a tabela completa do Brasileirão

– A primeira parte foi equilibrada. Na segunda, antes do belo gol do adversário, tivemos quatro oportunidades. A mais flagrante, talvez a da trave, com o Veron. Teve o Luan, outra com o Veron, com o Deyverson. E futebol é isso. Futebol penaliza quem não faz gol -alertou.

O técnico português ainda comentou sobre a falta de agressividade de seu equipe nas disputas de bola contra adversário. Para ele, o resultado poderia ter sido diferente não fosse a ausência de afinco em algumas jogadas.

– Há uma coisa que se chama agressividade competitiva. Há uma coisa que se chama casca. Há uma coisa que se chama experiência. E ela só se ganha jogando. O lance do gol impedido poderia ter sido parado com falta – explicou.

Veja no aplicativo do LANCE! o resultado dos jogos da rodada

Com poucas chances de título no Brasileirão, a missão de Abel agora é classificar o Verdão para a final da Libertadores. O time vai a campo nesta terça-feira (25) às 21h30 (de Brasília), contra o Atlético-MG, no Mineirão. Depois do 0 a 0 no jogo de ida, basta um empate com gols para avançar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos