Abegás: consumo de gás cresce 36,6% em outubro

O consumo de gás natural no Brasil atingiu uma média de 68,2 milhões de metros cúbicos por dia (m3/d) em outubro, alcançando um novo recorde histórico, segundo a Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás). O montante corresponde a um aumento de 36,6% em relação ao registrado no mesmo mês do ano passado, puxado pelo acionamento das usinas termelétricas em função do baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas.

De acordo com a associação, o consumo de gás para geração elétrica cresceu 145,79% em outubro, na comparação com o apurado em igual período de 2011, alcançando 25 milhões de m3/d. Já o segmento industrial, que responde pela maior parcela do consumo, cresceu 1,49% em relação a outubro e caiu 1,43% frente a setembro deste ano, para 29,02 m3/d. A classe comercial, por sua vez, apresentou expansão de 3,46% quando comparada com o mesmo mês do ano passado, mas registrou queda de 3,28% frente a setembro.

No segmento residencial houve retração de 0,42% em relação a outubro de 2011 e de 5,85% frente a setembro, enquanto o consumo automotivo (GNV) recuou 4,17% e 2,47%, respectivamente.

A região Sudeste segue liderando o consumo de gás natural no País, com uma média de 46,6 milhões de m3/dia, seguida pelas regiões Nordeste, com consumo médio de 9,98 milhões de m3/dia e Sul com 6,88 milhões de m3/dia. Já as Regiões Norte e Centro-Oeste consumiram, respectivamente, 2,7 milhões de m3/dia e 1,9 milhões m3/dia.

Ainda segundo a Abegás, o número de consumidores de gás natural cresceu 8,7% em relação a outubro do ano passado, alcançando 2,2 milhões de clientes em todo o Brasil. A rede de distribuição, por sua vez, expandiu 8,4% em relação ao mesmo período de 2011, para 22,4 mil quilômetros de extensão.

Carregando...