Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.575,47
    +348,47 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.674,30
    -738,20 (-1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,52
    -0,19 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.783,10
    -22,40 (-1,24%)
     
  • BTC-USD

    18.073,11
    +305,05 (+1,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    333,27
    -4,23 (-1,25%)
     
  • S&P500

    3.638,35
    +8,70 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    29.910,37
    +37,87 (+0,13%)
     
  • FTSE

    6.367,58
    +4,65 (+0,07%)
     
  • HANG SENG

    26.894,68
    +75,28 (+0,28%)
     
  • NIKKEI

    26.644,71
    +107,41 (+0,40%)
     
  • NASDAQ

    12.273,25
    +121,00 (+1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3922
    +0,0523 (+0,82%)
     

A importância de uma rotina de cuidado no home office

Publieditorial
·3 minuto de leitura
A importância de uma rotina de cuidado no home office (Foto: Divulgação)
A importância de uma rotina de cuidado no home office (Foto: Divulgação)

*Conteúdo apresentado por NIVEA

Até pouco tempo atrás, o conceito de home office era sinônimo de “trabalhar de pijama” para muitas pessoas. Agora, com cada vez mais profissionais trabalhando em casa, está claro que seguir uma rotina "normal" é importante — não apenas para manter a produtividade e dar conta das tarefas, mas também para conseguir ter um momento para si.

Com o trabalho e as rotinas domésticas ocorrendo em um mesmo ambiente, é muito comum ver muita gente se desdobrando para cumprir as tarefas profissionais, cuidar da casa e/ou da família. Como resultado, acabam se sobrecarregando e dedicando pouco tempo para si mesmas.

O mentor de autoconhecimento e terapeuta Danilo Vitorino explica que, no começo, pode ser desafiador manter uma rotina tradicional, mas que é importante criar rituais que ajudem a garantir mais estrutura emocional para se manter funcional e lidar com eventuais ansiedades do dia a dia. “O ideal é criar mecanismos, atividades e hábitos que favoreçam sua fisiologia para que você perfome melhor. É muito importante ter rituais diários para gerar um aumento de emoções positivas. Então é preciso ter o compromisso de definir um tempo, de preferência no início do dia, para se preparar e se colocar em um estado emocional mais favorável”, ensina.

Entre as atividades que podem ajudar logo no início do dia, ele cita meditação, exercícios físicos, como o alongamento, e até mesmo alguns minutos para simplesmente descansar e promover o chamado ócio criativo.

Outra boa dica é começar o dia mantendo uma rotina de beleza com um banho relaxante, self-care e até mesmo maquiagem, para quem se sentir mais inspirada. Para aumentar a sensação de bem-estar ao longo do dia sem precisar de retoques constantes, opte por produtos com longa duração, como o NIVEA Milk, que hidrata a pele por até 48 horas.

Defina prioridades

Vitorino explica que o grande segredo para ser mais produtivo e menos ocupado é escolher melhor as tarefas, definindo menos itens na lista e focando nas atividades que têm mais impacto no resultado final. “Uma coisa muito valiosa é, à noite, repassar o que você fez ao longo do dia — para avaliar melhor o que é produtivo e o que só está lhe mantendo ocupado”, diz.

Além disso, é importante entender que home office significa trabalhar em casa — e não morar no trabalho! Ou seja, se você negligenciar o lado pessoal, dificilmente conseguirá render o necessário no trabalho. Por isso, Danilo explica que é essencial colocar na agenda aspectos de satisfação pessoal, como dedicar um tempo para a família e para o cuidado consigo mesmo.

“A ideia é diminuir a autocobrança e aumentar a autopercepção. Tem sido muito desafiador conciliar todos os papéis na nova rotina. Não é incomum, principalmente entre as mulheres, a sensação de que é difícil balancear casa, trabalho, e vida pessoal. Por isso é importante fazer escolhas melhores”, comenta.

Vale lembrar que ter um toque de carinho consigo mesma é uma forma de se energizar e estar preparada para dar o melhor de si como profissional e pessoa, impactando positivamente a sua vida e de quem está ao seu redor, explica o especialista: “Se a pessoa não fizer o possível para se cuidar, quem vai cuidar dela e como ela vai ter força e energia para fazer tudo o que tem que fazer?”