Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.046,46
    +103,70 (+0,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

A cada minuto, duas vagas de emprego falsas são enviadas por mensagens

Mais de 1 milhão de ofertas tentadoras de emprego e fraudulentas foram feitas em 14 meses
Mais de 1 milhão de ofertas tentadoras de emprego e fraudulentas foram feitas em 14 meses

(Getty Images)

  • A cada minuto, duas ofertas de emprego falsas são enviadas para os brasileiros;

  • Propostas têm salários atrativos, flexibilidade e geralmente contam com nomes de grandes empresas;

  • Vítimas têm que clicar em um link que pode trazer uma série de problemas e riscos.

Se você nunca recebeu uma proposta tentadora de emprego por SMS, WhatsApp ou redes sociais, considere-se sortudo. As ofertas, com salários bastante atrativos, não passam de um golpe que tem feito cada vez mais vítimas e não é à toa: a cada minuto, duas vagas falsas são enviadas por mensagens para os brasileiros.

A informação foi compartilhada por Marco de Mello, CEO da PSafe, no blog da empresa de segurança digital. O levantamento ainda mostra que entre setembro de 2021 e fevereiro de 2022 foram mais de 600 mil tentativas de fraude, uma média de 120 mil por mês.

As mensagens geralmente têm tom apelativo e usam nomes de empresas grandes e conhecidas para chamar a atenção. Como pré-requisito, pouca ou nenhuma qualificação. Além da remuneração que pode ultrapassar os R$ 5 mil, os cargos oferecem flexibilidade de horário e possibilidade de home office. Veja um exemplo:

“Olá, sou o gerente de contratação da Magazzine Luiza, devido a vagas estaremos enviando uma candidatura de meio período para trabalhar em casa, o salário será pago no mesmo dia, 900 – 4000 reais por dia. Interessados entrar em contato comigo para consulta no WhatsApp. Clique no link para adicionar automaticamente”.

O perigo está justamente nessa ‘tarefa’ que o suposto selecionado para a vaga precisa cumprir. Geralmente, pede-se que a pessoa clique no link enviado, o que pode trazer uma série de problemas: ou a vítima será encaminhada para um site falso, em que preencherá uma ficha cadastral com seus dados pessoais, ou o link permitirá o download de algum software capaz de acessar informações salvas no celular, incluindo as confidenciais, como dados bancários.

Conforme divulgado pela Folha Vitória, também há casos em que o dono do aparelho perde o acesso ao WhatsApp, Telegram ou redes sociais, aplicativos são posteriormente usados pelos criminosos para extorquir familiares e amigos da vítima. Há ainda quem peça um Pix para pagar um suposto exame admissional, curso ou treinamento.

Presas fáceis

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a taxa de desemprego no primeiro semestre de 2022 ficou em 10,5%, o que corresponde a 11,3 milhões de pessoas fora do mercado de trabalho. O desejo por uma recolocação faz com que muitos se tornem presas fáceis para este tipo de golpe. “Os fraudadores acabam aproveitando o momento crítico que nós estamos vivendo, e buscando as pessoas pela necessidade”, diz Renan Conde, diretor da Brasil Factorial, ao portal.

Há, contudo, alguns pontos que ajudam a vítima a desconfiar da mensagem. Segundo Renan, não é comum que o RH das empresas inicie um processo de contratação por mensagem. Além disso, pessoas que nunca se candidataram a determinada vaga não serão contatadas. Salários e condições ‘bons demais para ser verdade’ também mostram que tudo não passa de golpe.

Vale destacar que as empresas podem entrar em contato pelo WhatsApp com os candidatos, mas em situações específicas. "Só que isso vai ser num segundo momento do processo, em uma continuidade, e não vai requerer nenhum aporte financeiro. Pode acontecer de o candidato fazer uma entrevista virtual e, no mesmo dia, receber um mensagem, mas informações sobre horário e salário não são passadas assim, logo no início, nessa informalidade".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos