Mercado fechará em 2 h 42 min
  • BOVESPA

    99.128,51
    -493,07 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.674,82
    -386,79 (-0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    106,66
    -3,12 (-2,84%)
     
  • OURO

    1.810,00
    -7,50 (-0,41%)
     
  • BTC-USD

    19.096,59
    -892,83 (-4,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    409,88
    -21,59 (-5,00%)
     
  • S&P500

    3.793,33
    -25,50 (-0,67%)
     
  • DOW JONES

    30.794,11
    -235,20 (-0,76%)
     
  • FTSE

    7.169,28
    -143,04 (-1,96%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    26.393,04
    -411,56 (-1,54%)
     
  • NASDAQ

    11.613,25
    -77,75 (-0,67%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4475
    +0,0369 (+0,68%)
     

Aéreas alertam para interrupções ‘catastróficas’ com 5G nos EUA

·2 min de leitura

(Bloomberg) -- Uma associação comercial que representa as principais companhias aéreas dos EUA pediu ao secretário de Transportes Pete Buttigieg e aos principais reguladores de comunicação e aviação do país para impedir que operadoras de telefonia móvel implementem serviços 5G perto de aeroportos.

A Airlines for America alertou em uma carta na segunda-feira que o público pode sofrer interrupções “catastróficas” se as novas frequências de banda C forem colocadas a duas milhas de onde aeronaves circulam. A associação disse estar disposta a trabalhar com o governo e as operadoras para encontrar uma solução mutuamente aceitável.

Operadoras incluindo AT&T e Verizon Communications chegaram a um acordo com reguladores federais no início deste mês para lançar o novo serviço em 19 de janeiro. As companhias aéreas estão preocupadas de que os sinais possam interferir nos instrumentos que medem a altitude de uma aeronave.

Em um memorando para funcionários visto pela Bloomberg, o CEO da JetBlue Airways, Robin Hayes, disse que a companhia aérea enfrenta “potenciais interferências significativas nos voos a partir de quarta-feira, que estressarão ainda mais o já frágil sistema aéreo e prejudicarão o público que viaja”.

Hayes disse que há pouca transparência nos dados por trás da decisão de implantar o 5G perto de aeroportos e que as preocupações sobre uma possível interferência nos equipamentos das aeronaves aumentaram. A medida pode atrasar a recuperação do setor de aviação da pandemia, disse ele.

A Administração Federal de Aviação (FAA) autorizou no domingo que alguns jatos operem em zonas onde novos serviços 5G estão sendo utilizados, reduzindo significativamente o impacto potencial nos horários dos voos. A decisão permite pousos com baixa visibilidade em até 48 dos 88 aeroportos dos EUA com equipamentos para tais chegadas, disse a FAA.

Dois membros do Congresso dos EUA -- Peter De Fazio, chair do Comitê de Transporte e Infraestrutura da Câmara, e Rick Larsen, chair do Subcomitê de Aviação -- juntaram-se às companhias aéreas na segunda-feira para pedir que reguladores atrasem a implementação.

“Devemos fornecer à FAA e à indústria da aviação mais tempo para avaliar minuciosamente os riscos de implantação, a fim de evitar interrupções potencialmente desastrosas em nosso sistema de espaço aéreo nacional”, escreveram os dois democratas em uma carta.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos