Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.910,10
    -701,55 (-0,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.661,86
    +195,84 (+0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,29
    +0,68 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.790,10
    -3,00 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    37.848,97
    +1.733,75 (+4,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    863,83
    +21,37 (+2,54%)
     
  • S&P500

    4.431,85
    +105,34 (+2,43%)
     
  • DOW JONES

    34.725,47
    +564,69 (+1,65%)
     
  • FTSE

    7.466,07
    -88,24 (-1,17%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.430,25
    +443,50 (+3,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9813
    -0,0427 (-0,71%)
     

Ações de viagens caem com 4º dia de cancelamentos de voos em massa por Ômicron

·2 min de leitura

(Reuters) - As ações das companhias aéreas dos Estados Unidos e outras empresas relacionadas a viagens caíam nesta segunda-feira, com o aumento dos casos da variante Ômicron do coronavírus e problemas relacionados ao clima forçando o cancelamento de outras centenas de voos, que deixaram viajantes presos em todo o país.

Mais de 800 voos com chegada, partida ou dentro dos Estados Unidos foram cancelados nesta segunda-feira, segundo dados do site de rastreamento de voos FlightAware.com. Eles se somam aos mais de 3.000 cancelamentos de voos durante o fim de semana do feriado de Natal, geralmente um período de pico de viagens para norte-americanos.

As ações da American Airlines Group Inc, United Airlines Holdings Inc, Delta Air Lines Inc e Southwest Airlines Co perdiam entre 2% e 3% no início da negociação.

A maioria dos papéis das companhias aéreas teve rali neste ano na esperança de um aumento no número de viagens, conforme viajantes começaram a visitar amigos e familiares depois de lidar com restrições relacionadas à pandemia no ano passado.

No entanto, a escassez de funcionários nas empresas aéreas, complicações relacionadas ao clima e agora a variante Ômicron de rápida propagação interromperam voos com frequência este ano.

O mau tempo em algumas áreas também agravou os problemas dos viajantes.

A Southwest Airlines disse que cancelou cerca de 50 dos 3.600 voos programados para esta segunda-feira devido a problemas relacionados ao clima. Delta, United e American não responderam imediatamente aos pedidos de comentários da Reuters.

Separadamente, o governo de Xangai disse nesta segunda-feira que o órgão regulador da aviação do país suspenderia dois voos da China Eastern Airlines Corp Ltd de Nova York para Xangai a partir de 3 de janeiro devido ao aumento de casos de Covid-19.

Outras ações de viagens também ficaram sob pressão, depois que a Ômicron causou preocupações de que restrições mais rígidas sejam implementadas.

As ações da Norwegian Cruise Line Holdings, Royal Caribbean Cruises Ltd e Carnival Corp recuavam entre 1,3% e 2,4%.

Pelo menos três navios de cruzeiros foram forçados a retornar ao porto no fim de semana depois que casos de Covid-19 foram detectados a bordo, de acordo com relatos da mídia.

As empresas de viagens Booking Holdings Inc, Airbnb Inc, Expedia Group Inc e Tripadvisor Inc caíam entre 0,6% e 1,8%.

As operadoras de hotel Marriott International Inc, Hilton Worldwide Holdings Inc e Hyatt Hotels Corp perdiam entre 1% e 2%.

(Por Aishwarya Nair e Abhijith Ganapavaram em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos