Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.909,03
    -129,08 (-0,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.867,15
    +618,13 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,46
    -0,46 (-0,71%)
     
  • OURO

    1.833,20
    -4,40 (-0,24%)
     
  • BTC-USD

    55.322,39
    -3.453,20 (-5,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.450,35
    -110,95 (-7,11%)
     
  • S&P500

    4.188,43
    -44,17 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    34.742,82
    -34,94 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.123,68
    -6,03 (-0,08%)
     
  • HANG SENG

    28.595,66
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    28.856,64
    -661,70 (-2,24%)
     
  • NASDAQ

    13.197,50
    -159,25 (-1,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3562
    +0,0160 (+0,25%)
     

Ações de tecnologia empurram S&P 500 para máxima recorde de fechamento, Nasdaq surfa na alta

David French
·1 minuto de leitura
Sinalização de Wall Street. 09/03/2020. REUTERS/Carlo Allegri.

Por David French

(Reuters) - O índice S&P 500 registrou outra máxima recorde nesta terça-feira e o índice Nasdaq avançou conforme investidores afastavam preocupações com a suspensão da distribuição da vacina contra a Covid-19 da Johnson & Johnson e a forte inflação nos Estados Unidos.

As ações da farmacêutica atingiram a mínima de um mês antes de recuperarem parte das perdas, com os pedidos para interromper o uso de sua vacina contra a Covid-19 depois que seis mulheres desenvolveram coágulos sanguíneos raros representando um novo revés a esforços para combater a pandemia.

Segundo dados preliminares, o índice Dow Jones recuou 0,2%, aos 33.679,44 pontos, o S&P 500 valorizou-se 0,33%, aos 4.141,66 pontos, e o Nasdaq teve alta de 1,05%, os 13.996,1 pontos.